Cotidiano

Na semana do ‘fecha tudo’, Vigilância Sanitária realiza blitz educativa nos supermercados

Durante a semana do ‘fecha tudo’ em Campo Grande, a Vigilância Sanitária realiza uma blitz educativa em supermercados e atacadistas. O objetivo da ação é reforçar as orientações e fiscalizar o cumprimento das medidas de biossegurança nos estabelecimentos.  A ação irá se estender durante toda a semana, de acordo com o decreto municipal que estabeleceu […]

Mylena Rocha Publicado em 24/03/2021, às 12h59

(Foto: Divulgação/PMCG)
(Foto: Divulgação/PMCG) - (Foto: Divulgação/PMCG)

Durante a semana do ‘fecha tudo’ em Campo Grande, a Vigilância Sanitária realiza uma blitz educativa em supermercados e atacadistas. O objetivo da ação é reforçar as orientações e fiscalizar o cumprimento das medidas de biossegurança nos estabelecimentos. 

A ação irá se estender durante toda a semana, de acordo com o decreto municipal que estabeleceu novas medidas restritivas para tentar frear o avanço da Covid-19 e reduzir o número de internações e óbitos provocados pela doença no Município. Os fiscais atuam na orientação de clientes e funcionários e na verificação do cumprimento das medidas para conter aglomeração, entre outras medidas de biossegurança.

Conforme informou a Prefeitura de Campo Grande, caso seja verificada alguma irregularidade, como a não realização do fluxo de controle de clientes, a indisponibilidade de álcool em gel para clientes e funcionários e a não realização da desinfecção de carinhos e cestas e ausência de funcionários ou luvas para o autosserviço da área da padaria, o estabelecimento poderá ser autuado.

Conforme decreto municipal, fica restrito o horário de funcionamento dos supermercados para até às 20h, para evitar a circulação de pessoas durante o toque de recolher. Uma alteração no decreto retirou os estabelecimentos da lista de permissões de funcionamento durante o toque de recolher.

Jornal Midiamax