Cotidiano

Municípios de MS figuram entre mais quentes e secos do País neste fim de semana

Oito cidades entraram nas listas de valores extremos do Inmet neste sábado (10)

Jones Mário Publicado em 11/04/2021, às 12h38

Rodovia MS-386, em Iguatemi
Rodovia MS-386, em Iguatemi - Divulgação/Prefeitura de Iguatemi

Municípios de Mato Grosso do Sul entraram nas listas de mais quentes e secos do Brasil após os registros deste sábado (10). Os dados são do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Iguatemi registrou a sétima temperatura mais alta do País, de 35,6 °C. O número foi o mesmo de Cuiabá (MT), por exemplo.

Também figuraram entre os 20 mais quentes os municípios de Rio Brilhante (35,5 °C), Itaporã (35,3 °C), Ivinhema (35,3 °C), Água Clara (35,1 °C) e Angélica (35 °C).

Segundo o Inmet, a recordista de sábado foi Aracaju, capital do Sergipe - 37,7 °C.

Já Três Lagoas foi a quarta cidade mais seca do Brasil ontem, quando a umidade relativa do ar bateu 20%. Conforme a OMS (Organização Mundial de Saúde), o ideal para a saúde humana é de 60% a 80%.

Santa Rita do Pardo, com 23%, também entrou na lista de 20 mais secas do País.

Já as recordistas em calor Ivinhema, Rio Brilhante, Água Clara, Angélica e Iguatemi também bateram índices preocupantes de baixa umidade - respectivamente 23%, 25%, 25%, 26% e 26%.

A previsão do tempo de hoje (11) para o Estado estima temperaturas de até 37 °C e umidade relativa do ar em até 20%.

Jornal Midiamax