Cotidiano

MS vai disponibilizar 10 leitos de UTI para pacientes do Amazonas

A SES vai disponibilizar dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes graves do Amazonas, que enfrenta problemas de superlotação devida a uma segunda onda de Covid-19. A informação foi anunciada na tarde desta segunda-feira (18), pelo governador de MS, Reinaldo Azambuja (PSDB), durante coletiva de imprensa na Base Aérea de Campo Grande. […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 18/01/2021, às 15h55 - Atualizado às 19h04

Em MS, 2.773 que faleceram de Covid-19 lutavam contra outras doenças. Foto: Arquivo Midiamax.
Em MS, 2.773 que faleceram de Covid-19 lutavam contra outras doenças. Foto: Arquivo Midiamax. - Em MS, 2.773 que faleceram de Covid-19 lutavam contra outras doenças. Foto: Arquivo Midiamax.

A SES vai disponibilizar dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes graves do Amazonas, que enfrenta problemas de superlotação devida a uma segunda onda de Covid-19. A informação foi anunciada na tarde desta segunda-feira (18), pelo governador de MS, Reinaldo Azambuja (PSDB), durante coletiva de imprensa na Base Aérea de Campo Grande.

Segundo o governador, os leitos disponibilizados serão provavelmente do HRMS (Hospital Regional de MS), para ajudar a desafogar os leitos amazonenses. Reinaldo detalhou que ligará ainda nesta tarde para o governador do AM, Wilson Lima, para comunicar a disponibilidade.

Até da última sexta-feira até a tarde desta segunda-feira,  77 pacientes amazonenses foram transferidos a outras unidades da federação.Setenta e sete pacientes com covid-19 foram transferidos do AmazonasDeste total, 23 foram levados para São Luís (MA); 15 para Brasília (DF); 15 para João Pessoa (PB); 12 para Natal (RN) e 9 para Teresina (PI). A Secretaria de Saúde do Amazonas remanejou outros três pacientes na última sexta-feira (15). De acordo com a pasta, os pacientes foram levados a Rio Branco a bordo de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea da própria secretaria.

Jornal Midiamax