Cotidiano

MS se mantém estável com 67% dos leitos de UTI para pacientes com covid ocupados

Estado saiu da situação de alerta crítico para ocupação de leitos

Mylena Rocha Publicado em 16/07/2021, às 08h31

Estado tem 68% dos leitos de UTI Covid ocupados, segundo painel da SES.
Estado tem 68% dos leitos de UTI Covid ocupados, segundo painel da SES. - Ilustrativa/Henrique Arakaki

Diante do avanço da vacinação e a melhora nos indicativos da pandemia, Mato Grosso do Sul tem conseguido manter a taxa de ocupação de leitos estável. Na manhã desta sexta-feira (16), a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid é de 67,59%. O número se manteve nesta semana e levou Mato Grosso do Sul a sair da situação de alerta máximo. 

Os dados são levantados no painel Mais Saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Conforme levantamento, MS possui 580 leitos UTI adulto para pacientes com covid, sendo que há 392 pacientes em estado grave internados em hospitais no Estado. Sendo assim, restam 188 vagas no sistema de saúde. 

Nesta semana, Mato Grosso do Sul apresentou melhora na pandemia e recebeu a classificação de alerta intermediário, depois de quatro meses com alerta máximo para ocupação de leitos de UTI Covid, conforme boletim da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). É importante lembrar que Mato Grosso do Sul viveu um caos na saúde pública no mês passado, quando faltaram leitos.

O recorde de internações foi registrado no dia 8 de junho em MS, com 1.339 pessoas internadas com covid, sendo que 565 deles estavam em estado grave em UTIs. O painel 'Mais Saúde' mostrava uma taxa de ocupação de 109%. A menor taxa registrada nos últimos dias foi de 66% de leitos de UTI covid ocupados em Mato Grosso do Sul.

Jornal Midiamax