Cotidiano

MS recebe secretário nacional para assinatura de plano para redução de 50% nas mortes de trânsito

Pnatrans quer reduzir mortes no trânsito alinhando usuários das vias, fiscalização e projetistas

Fábio Oruê Publicado em 06/12/2021, às 14h42

Frederico Carneiro, atual secretário Nacional de Trânsito
Frederico Carneiro, atual secretário Nacional de Trânsito - Foto: Agência Senado

O Secretário Nacional de Trânsito, Frederico Carneiro, vem a Mato Grosso do Sul, no próximo dia 14, para assinar o Termo de Compromisso que vai implementar o Pnatrans 2021 (Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito) no Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS). 

Conforme o departamento, a iniciativa é parte da estratégia para reduzir em 50% o total de mortes de trânsito no país nos próximos 10 anos. O plano foi reforçado em setembro, quando foram incorporados conceitos de visão zero e sistemas seguros. 

O programa parte do princípio de que a responsabilidade por evitar mortes e feridos no trânsito é compartilhada entre quem utiliza, projeta, constrói e fiscaliza os veículos e as vias públicas.

Pnatrans 2021

Dividido em seis pilares, o Pnatrans prevê a gestão da política integrada do sistema viário, preza pela qualidade do pavimento das ruas, rodovias, reforça o item segurança veicular, com parâmetros mais seguros para itens como capacetes, airbags e dispositivos eletrônicos, por exemplo, e destaca a importância de campanhas educativas, além da normatização e fiscalização.

O evento será no dia 14 de dezembro no auditório Deville, a partir das 8h30, em Campo Grande. Além do Secretário Nacional, assinam o Termo o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Espíndola Trindade Júnior, o secretário Estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Rezende, o superintendente do DNIT-MS (Departamento Nacional de Infraestrutura, Transporte e Trânsito), Euro Nunes Veranis Junior, e a presidente do Cetran-MS (Conselho Estadual de Trânsito), Regina Maria Duarte.

Além deles, também assinam o comandante Geral da Polícia Militar de MS, coronel Marcos Paulo Gimenez, o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito de Campo Grande), Janine de Lima Bruno, e o superintendente da PRF-MS (Polícia Rodoviária Federal), Luiz Alexandre da Silva.

Jornal Midiamax