Cotidiano

Nem toque de recolher às 20h resolve e MS tem pior índice de isolamento do país

MS se destaca nacionalmente pelos baixos índices de isolamento social e atingiu o menor isolamento do Brasil no último sábado.

Dândara Genelhú Publicado em 21/03/2021, às 11h17 - Atualizado em 22/03/2021, às 07h59

 Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax
Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax - Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax

Mato Grosso do Sul se destaca nacionalmente pelos baixos índices de isolamento social. Nem o toque de recolher das 20h às 5h e o comércio restringido aos finais de semana surgiram efeito. Assim, MS registrou apenas 36% das pessoas em casa no último sábado (20).

O índice deixa o Estado com o menor índice de isolamento social do Brasil mais uma vez. Os dados são da Inloco, que monitora a movimentação dos celulares. Entretanto, nenhum dado pessoal é coletado pela pesquisa.

Assim, os dados mostram que apenas 36% da população de MS manteve as recomendações de isolamento social. A medida é reforçada diariamente pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Vale lembrar que no último sábado, ainda vale a restrição para funcionamento.

Então, todos os estabelecimentos podem funcionar até às 16h em MS, para evitar a circulação de pessoas após este horário. Assim, no último sábado (20), uma pessoa morreu a cada hora por Covid-19 no Estado.

Os dados da pandemia foram divulgados em boletim da SES. Além disto, foram mais de 1,1 mil novos casos de coronavírus confirmados. Por fim, MS já registrou 201.125 pessoas infectadas e 3.799 morreram por causa da Covid-19.

Jornal Midiamax