Cotidiano

MS antecipa 2ª aplicação da AstraZeneca e vai reter doses para evitar novos atrasos

Estratégia é para evitar atraso na conclusão da imunização como ocorreu com a CoronaVac

Gabriel Maymone e Mylena Rocha Publicado em 12/05/2021, às 12h01

Secretário Geraldo Resende falou sobre estratégia durante live nesta quarta-feira
Secretário Geraldo Resende falou sobre estratégia durante live nesta quarta-feira - Reprodução

Com mais de 134 mil pessoas com vacinas contra covid atrasadas em Mato Grosso do Sul, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) irá priorizar aplicação da 2ª dose. Das 51.500 que MS irá receber, 27 mil são da CoronaVac e serão destinadas para completar a imunização de quem está com atraso no ciclo vacinal. 

Além disso, das 24.500 doses da AstraZeneca, metade (12.250) será destinada para antecipar a aplicação da 2ª dose em quem iria completar a janela de 90 dias no fim de maio e junho. "Vamos antecipar a D2. Pessoas que estão com 8, 9, 10 e até 11 semanas completas, marchando para a 12ª semana, poderão tomar essas vacinas que estarão com ciclo vacinal [completo]", declarou o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende.

Ainda conforme o titular da SES, a outra metade será dividida em duas partes: 50% para avançar na imunização com a 1ª dose e o restante será mantido na rede de frios, para evitar atraso na 2ª aplicação como ocorreu com a CoronaVac. "Vamos retê-las para que não fiquemos nessa situação angustiante. Muitas pessoas aguardando a Coranavac para completar sua vacina", completou Resende, informando que a resolução será publicada no Diário Oficial de quinta-feira.

A estratégia é para evitar atraso na imunização como ocorreu com a CoronaVac, que ocorreu diante da falta de insumos no Brasil para que o Instituto Butantan pudesse produzir o imunizante. O calendário de distribuição do Ministério da Saúde sofre constantes alterações e atrasos desde o início da campanha de vacinação, em janeiro.

Nova remessa

O lote com 51.500 doses de vacina chega na quinta-feira (13) a Mato Grosso do Sul. O 21º lote é composto por 27.000 doses da vacina da Coronavac e 24.500 doses da vacina da Astrazeneca. Com a chegada do novo carregamento, Mato Grosso do Sul somará 1.044.920 doses recebidas do imunizante.

Jornal Midiamax