Cotidiano

Monitorando variante da Índia, MS reforça testagem de Covid em municípios de fronteira

Fronteira com outros países podem facilitar entrada de nova variante em MS

Dândara Genelhú Publicado em 20/05/2021, às 16h02

MS realiza sequenciamento genômico das variantes da Covid-19
MS realiza sequenciamento genômico das variantes da Covid-19 - Foto: Reprodução.

Com uma nova cepa confirmada no Brasil, Mato Grosso do Sul intensificou a testagem de Covid-19 em municípios da fronteira. Divisa com outros países podem facilitar a entrada da variante da Índia no Estado.

Assim, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) afirmou ao Jornal Midiamax que o MS“tem realizado o teste de antígeno nos municípios de fronteira”. Com isso, o estado pode “agilizar a detecção de pessoas com a Covid-19e dar maior agilidade nas ações de prevenção e controle”.

Além disso, o Estado realiza sequenciamento genômico das variantes da Covid-19. Por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de MS, a SES encaminhou aos municípios um comunicado em relação à nova variante.

Então, para todos os cidadãos, moradores e visitantes, a SES reforça a “necessidade da continuidade das ações de distanciamento social na prevenção ao coronavírus”. Para enfrentar a nova variantes, MS recebeu “orientações da Rede do Cievs (Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde) do Ministério da Saúde”.

A SES lembrou que o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) enviou um ofício ao Ministério da Saúde, para que haja fortalecimento de ações contra as novas variantes. Entre as ações solicitadas está: a instauração imediata de maior rigor no sistema de vigilância sanitária de portos, aeroportos e fronteiras; a exigência obrigatória de quarentena de 14 dias para os passageiros oriundos de países com alta prevalência de variantes de atenção do coronavírus; aquisição e distribuição dos testes de antígenos a todas a unidades da federação; e a ampliação da Rede Nacional de Vigilância Genômica.

Pensando em viajar? De acordo com a SES, para sair do Brasil é importante pesquisar sobre o cenário de pandemia do local. Na Índia, a incidência de Covid-19 é de 410 mil casos para cada 100 mil habitantes.

Ou seja, o país está classificado como nível 4 de incidência de casos, muito alto. Deve evitar qualquer viagem para este destino, conforme recomendação da CDC (Centers for Disease Control and Prevention).

Jornal Midiamax