Cotidiano

Mercado é autuado por vender produtos vencidos e sem informações em cidade de MS

Foram encontrados dez quilos de linguiça imprópria para o consumo

Gabriel Neves Publicado em 19/11/2021, às 08h00

Estavam expostos 860 maços de cigarros sem informações em língua portuguesa
Estavam expostos 860 maços de cigarros sem informações em língua portuguesa - (Foto: Divulgação/Procon-MS)

Um mercado foi autuado pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) ao ser flagrado comercializando mercadorias sem informações em língua portuguesa e impróprios para o consumo. O estabelecimento fica localizado no distrito de Ipezal, município de Angélica.

De acordo com o Procon-MS, estavam expostos 860 maços de cigarros e 31 garrafas de “caña” (aguardente) sem informações em língua portuguesa. Além disso, também foram encontrados cerca de 10 kg de linguiça impróprio para o consumo.

Também era comercializado mandioca, bacon, salsichas, doces de amendoim, cebolinhas em conserva e maçã, inclusive, em estado de putrefação. O comércio comercializava café em pó, iogurte, composto de bebida à base de cafeína além de grão-de-bico.

Conforme o Procon-MS, foi percebido que o local vencia salsichas, cerveja, refrigerantes, água mineral, café moído, biscoitos, leite, absorvente higiênico, fraldas descartáveis, condicionador para cabelos, ampolas para tratamento capilar, antisséptico bucal, e polidor para sapatos com a validade expirada.

Jornal Midiamax