Cotidiano

Melhor dos últimos meses: MS registra 88% de ocupação dos leitos de UTI Covid-19

Com ampliação, MS tem 33 novos leitos de UTI Covid-19

Dândara Genelhú Publicado em 07/05/2021, às 18h36

São 70 vagas disponíveis para internações em UTI Covid.
São 70 vagas disponíveis para internações em UTI Covid. - Foto: Henrique Arakaki | Midiamax

No final da tarde desta sexta-feira (7), Mato Grosso do Sul baixou a ocupação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) Covid-19 para 88,64%. O índice é o menor registrado nos últimos meses, em que o Estado esteve maior parte do tempo com superlotação e pacientes atendidos além da capacidade hospitalar.

A queda no índice de ocupação se deve principalmente à ampliação de leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em MS. Com 33 novas instalações, o Estado passa a ter 616 leitos existentes.

Assim, com a ocupação de 88%, são 546 pacientes atendidos nas instalações. Ou seja, sobram 70 vagas de UTI para novas internações de casos graves da Covid-19.

Os dados são do Painel Mais Saúde, disponibilizado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Foram utilizadas informações da atualização das 18h20 desta sexta-feira (7).

Além de UTIs, MS possui leitos clínicos exclusivos para pacientes infectados com coronavírus. São 1.244 instalações existentes e 53,22% delas estão lotadas.

Ou seja, 662 pessoas internadas em leitos clínicos do Estado. Assim, 582 vagas estão disponíveis em MS.

Jornal Midiamax