Cotidiano

Procon flagra até materiais de construção vencidos em loja de Campo Grande

Fios de energia foram apreendidos por não estarem em conformidade com o Inmetro

Gabriel Maymone Publicado em 06/12/2021, às 08h24

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Reprodução

Loja de materiais de construção de Campo Grande foi autuada pelo Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) após ser flagrada vendendo 13 produtos vencidos durante fiscalização.

O Depósito Pinguim, localizado no Jardim Noroeste, região da saída para Três Lagoas, foi flagrado, no dia 2 de dezembro, vendendo 83 itens de 13 produtos diferentes com prazos vencidos. Entre eles, estão pacotes de sementes de hortifrúti, ração para pássaros, polidor de sapatos, galões de esmalte sintético, galões de fundo promotor de aderência e venenos para insetos.

A loja também recebeu autuação por vender produtos em idioma estrangeiro, ferindo o Código de Defesa do Consumidor, como fones de ouvido, caixas de som, controles universais e assessórios para celular.

Além disso, o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) apreendeu fios para Energia sem os selos de identificação de conformidade ou capacidade adequada de transmissão de energia.

Todos os produtos foram descartados na presença da equipe do Procon Estadual e de funcionários do estabelecimento. Na ocasião, foi preenchido auto de infração entregue ao responsável pelo estabelecimento que terá prazo para defesa.

Jornal Midiamax