Cotidiano

Lobo gravemente ferido é regatado pela PMA e veterinário nas margens da MS-134

Espécie Cerdocyon thous

Diego Alves Publicado em 30/04/2021, às 19h13 - Atualizado às 19h13

Momento do resgate (divulgação, PMA)
Momento do resgate (divulgação, PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Batayporã resgatou um lobo ferido gravemente nas margens da rodovia MS-134 após atropelamento, na manhã desta quinta-feira (29). Policiais ambientais receberam informações de condutores de que o animal silvestre estava ferido em uma valeta de concreto nas margens da rodovia, aparentemente em estado grave.

Os policiais então solicitaram ao médico veterinário Rafael Olegário Marques, que de acordo com a PMA, sempre se voluntaria nesses casos e foram ao local onde verificaram que o animal da espécie Cerdocyon thous (lobinho; cachorro-do-mato) havia sido atropelado, provavelmente duramte a madrugada e apresentava ferimentos provocados pelo acidente e não conseguia se locomover.

O animal foi capturado e levado para atendimento veterinário e exames na cidade de Batayporã, onde se encontra em estado de saúde crítico, mas estável. Segundo o veterinário, infelizmente o animal estaria com a coluna quebrada, mas ele conseguiu estabilizar e tirar as dores do bicho, por meio de remédios e o lobo já consegue se alimentar e dessedentar.

Quando estiver com saúde estabilizada e receber alta pelo médico veterinário para viajar com segurança, o lobo será removido ao Centro de Reabilitação de Animais em Campo Grande, para ser cuidado até estar reabilitado para ser devolvido ao seu habitat natural.

Jornal Midiamax