Cotidiano

Juízes fazem caminhada contra racismo e desigualdade no Dia da Consciência Negra

Evento organizado pela AMB ocorrerá neste sábado (20) na Esplanada Ferroviária em Campo Grande

Mariane Chianezi Publicado em 19/11/2021, às 16h22

None
Divulgação

Para celebrar o “Dia da Consciência Negra” e combater o racismo e a desigualdade ainda presentes na sociedade, juízes de Campo Grande participarão, neste sábado, a partir das 8h30, da “Caminhada Negra”. O grupo se encontrará na Esplanada Ferroviária, na Avenida Calógeras.

A “Caminhada Negra” ocorrerá ao ar livre, seguindo todos os protocolos de segurança, com a obrigatoriedade do uso de máscaras, e contará, ainda, com "tour virtual" para aqueles que não puderem comparecer.

O evento também tem o objetivo de contribuir para o resgate da história e da cultura negra do país – segundo Flávia Martins de Carvalho, diretora de Promoção da Igualdade Racial da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

“A caminhada pretende fortalecer a nossa memória em relação às contribuições do povo negro para o país, apagadas em decorrência do racismo”, afirmou a juíza.

O ato acontecerá simultaneamente em outras nove cidades: São Paulo, Piracicaba/SP, Rio de Janeiro, Salvador/BA, Olinda/PE, São Luís/MA, Ouro Preto/MG, Curitiba/PR e Porto Alegre/RS.

De acordo com a presidente da AMB, Renata Gil, a intenção é chamar a atenção para a “necessidade de políticas públicas que promovam a inclusão e contribuam para o fim da discriminação”.

Jornal Midiamax