Cotidiano

Jornalistas e bancários já podem se cadastrar para receber vacina contra covid-19 em Campo Grande

Prefeitura ainda define data para aplicar o imunizante nas categorias

Guilherme Cavalcante Publicado em 30/06/2021, às 12h27

None
Foto: Arquivo

Campo Grande recebe a partir desta quarta-feira (30) cadastro prévio de profissionais de jornalismo e de bancários no sistema cadastral para vacinação contra covid-19. A aplicação de doses de imunizantes, porém, ainda segue em definição. A decisão de incluir jornalistas e bancários entre as prioridades foi comemorada pelas categorias.

“A iniciativa da Prefeitura vem fazer justiça a uma categoria considerada essencial no combate à pandemia do coronavírus, mas que não está incluída no Plano Nacional de Imunização (PNI). Somos linha de frente na luta contra o vírus. Por isso, muitos colegas foram infectados, e outros morreram, no cumprimento do dever de levar a informação qualificada”, destacou Walter Gonçalves, presidente do Sindjor-MS (Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MS).

Para a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Neide Rodrigues, a inclusão dos bancários na vacinação representa uma vitória para a categoria. “Nós temos defendido há algum tempo que esses trabalhadores, que executam um trabalho essencial e não podem parar, sejam imunizados contra a Covid-19. Mesmo sendo uma boa notícia, nossa luta ainda vai continuar por ser uma medida restrita ao Município de Campo Grande, e os bancários do interior do Estado também precisam desta vacina”, destaca.

Cadastro

 A Prefeitura de Campo Grande informa que, com a inclusão da categoria Profissionais de imprensa e Bancários, os trabalhadores da área deverão efetuar ou atualizar o cadastro no site vacina.campogrande.ms.gov.br. No caso da imprensa, o perfil abrange jornalistas, cinegrafistas, radialistas, fotógrafos, auxiliares de produção, profissionais que atuam em assessorias de imprensa e demais trabalhadores que atuam em veículos de comunicação.

Os profissionais de imprensa devem apresentar um dos seguintes documentos comprobatórios de vínculo empregatício: Registro profissional (DRT/MTE), holerite ou carteira de trabalho. Já os bancários deverão apresentar  os seguintes documentos comprobatórios de vínculo em estabelecimento bancário e de atuação: Crachá, holerite ou carteira de trabalho.

(Com informações da assessoria)

Jornal Midiamax