Cotidiano

Internações aumentam e Campo Grande finaliza dia com 85,4% das UTIs lotadas

Com aumento de 3,4%, nas internações, Campo Grande finaliza esta terça-feira (05) com 85,4% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Dândara Genelhú Publicado em 05/01/2021, às 18h30

Em MS, 2.773 que faleceram de Covid-19 lutavam contra outras doenças. Foto: Arquivo Midiamax.
Em MS, 2.773 que faleceram de Covid-19 lutavam contra outras doenças. Foto: Arquivo Midiamax. - Em MS, 2.773 que faleceram de Covid-19 lutavam contra outras doenças. Foto: Arquivo Midiamax.

Com aumento de 3,4%, Campo Grande finaliza esta terça-feira (05) com 85,4% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). No começo do dia, a Capital marcava 82% de ocupações nos leitos de UTI.

Assim, 520 leitos disponíveis, 460 estão ocupados. Ou seja, existem 60 vagas disponíveis em Campo Grande para novas internações de UTI. Os dados são atualizados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), no Painel Mais Saúde.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES, houve registro de 279 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h em Campo Grande. Então, no total são 62.059 casos confirmados na cidade e desses, 1100 campo-grandenses já faleceram devido ao coronavírus.

Internações em Campo Grande

O Hospital El Kadri é o que mais se aproxima da lotação máxima. Isto porque ele possui apenas um leito disponível das 30 UTIs existentes nas instalações. Também próximos da superlotação, outros dois hospitais em Campo Grande estão com apenas dois leitos disponíveis.

Então, um deles é o Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian) com 30 UTIs, sendo 28 ocupadas e duas livres. Outro é o Proncor, hospital onde apenas dois leitos estão livres para novas internações, outros 18 estão ocupados.

Seguindo a ordem, o Hospital do Câncer, possui 20 leitos, sendo que apenas três estão disponíveis. Já na Unimed existem cinco leitos disponíveis, outros 45 já estão ocupados. Também com cinco UTIs livres para internações, a Clínica Campo Grande já possui 25 pacientes em leitos.

No Hospital Adventista do Pênfigo existem 50 leitos, desses apenas oito estão disponíveis. A Cassems possui 58 unidades nas instalações, sendo que 48 UTIs possuem internações ativas e outros 10 estão disponíveis.

Por fim, no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) existem 138 leitos, sendo 122 ocupados e 16 livres. Dos 114 leitos da Santa Casa, 103 estão ocupados. Assim, restam 11 UTIs para novas internações no Hospital.

Jornal Midiamax