Cotidiano

Incluindo crianças, pacientes com epilepsia conseguem tratamento com Canabidiol em MS

Com prescrição médica, compra do remédio pode ser solicitada pelo site da Anvisa

Mylena Rocha e Renan Nucci Publicado em 07/08/2021, às 09h38

O CBD (Canabidiol) é uma substância extraída da planta Cannabis.
O CBD (Canabidiol) é uma substância extraída da planta Cannabis. - Ilustrativa/Pixabay

Um paciente de Campo Grande ganhou na Justiça o direito de receber tratamento com medicamentos à base de Canabidiol. O CBD (Canabidiol) é uma substância extraída da planta Cannabis, mas afinal, em que situações estes medicamentos podem ser utilizados? É importante lembrar que é preciso ter prescrição médica, mas pacientes podem pedir a importação do produto pela internet.

O paciente em questão trata-se de uma criança com epilepsia. Segundo informações da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o paciente é um menino de 11 anos, que sofre com epilepsia refratária, sem causa determinada. Conforme a Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias) do SUS (Sistema Único de Saúde), alguns pacientes com epilepsia são considerados resistentes aos medicamentos e, por isso, o canabidiol seria uma alternativa de tratamento.

A família fez o pedido, que foi aceito, para a importação do medicamento à base de Canabidiol para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Com a autorização, a família pediu o fornecimento do medicamento à Prefeitura de Campo Grande. Na quinta (5), o município publicou em Diário Oficial que irá comprar o medicamento da empresa Carmens Medicinals Brazil Importação e Comercialização de Produtos Farmacêuticos. 

Menino no interior de MS também conseguiu tratamento com CBD

Um menino de 12 anos também conseguiu na Justiça o direito de adquirir o medicamento à base de CBD em Mato Grosso do Sul. O pré-adolescente, de Anaurilândia, foi diagnosticado com Trissomia do Cromossomo 11, uma alteração cromossômica que impacta no desenvolvimento infantil. Por conta disso, ele também sofre com crises de epilepsia refratária.

O processo correu com auxílio da Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, que recebeu pedido de ajuda da mãe do garoto. Com várias tentativas de tratamento terapêutico e uso de medicamentos fornecidos pelo SUS, não houve sucesso na recuperação. O menino tinha duas crises convulsivas por dia e ainda estava com dificuldades para se alimentar, chegando a pesar apenas 19 kg. 

Quais doenças podem ser tratadas com Canabidiol? 

Os estudos sobre o uso de medicamentos com Canabidiol têm avançado cada vez mais e mostrado resultados positivos em humanos. Com estudos realizados no Brasil e no exterior, cientistas notaram melhora nos pacientes com o uso de medicamentos à base de CBD. 

Além da epilepsia, o uso da substância apresentou resultados positivos para pacientes com outras doenças neurológicas, como o Alzheimer e Parkinson, além de esclerose múltipla, ansiedade e até autismo. 

Como solicitar o medicamento

Para pacientes que tenham prescrição médica para uso de produtos à base de CBD, é possível fazer o pedido pelo site da Anvisa. O paciente deverá preencher o formulário para importação e uso do produto, além de apresentar a receita médica. O procedimento leva cerca de 15 minutos. 

Após análise da Anvisa com prazo médio de 10 dias corridos, acesse o Minhas Solicitações e selecione o protocolo correspondente à solicitação feita. Um e-mail automático também é enviado comunicando que a análise foi concluída.

Jornal Midiamax