Cotidiano

IFMS abre 482 vagas para cursos de graduação

Vagas são destinadas a portadores de diploma, transferências interna e externa, e reingresso. Inscrições começam nesta terça-feira (30)

None
(Foto: Divulgação)

IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) começa a ofertar a partir desta terça-feira (30) 482 vagas em cursos de graduação gratuitos para portadores de diploma, reingresso e transferências interna e externa, com ingresso no primeiro semestre letivo de 2022. São oferecidas 17 opções de cursos, entre superiores de tecnologia, bacharelados e licenciaturas, nos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

As vagas são ofertadas em quatro modalidades, destinadas aos seguintes públicos:

  • Portador de diploma – estudante com curso superior concluído no IFMS ou em outra instituição de ensino, pública ou privada, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Reingresso – estudantes do IFMS que deixaram de frequentar o curso nos cinco anos anteriores a este edital;
  • Transferência externa – aluno, matriculado no IFMS, que pretende transferir-se para outro campus da própria instituição ou em que o estudante, matriculado em outra instituição de ensino, pública ou privada, reconhecida pelo MEC, deseja transferir-se para o IFMS.
  • Transferência interna – estudante matriculado no IFMS com a intenção de transferir-se para outro curso no mesmo campus.

O edital de abertura do processo seletivo está publicado na Central de Seleção

Inscrições – São gratuitas e deverão ser feitas a partir desta terça-feira (30) na Página do Candidato da Central de Seleção. O prazo segue até 8 de dezembro.

Interessados nas vagas destinadas a portadores de diploma e transferência externa deverão preencher o requerimento de inscrição e anexar os seguintes documentos digitalizados:

  • RG ou outro documento oficial de identificação com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF), caso não conste no RG ou outro documento oficial de identificação;
  • diploma ou certificado e histórico escolar do curso de graduação reconhecido pelo MEC;
  • comprovante de matrícula recente de curso superior autorizado ou reconhecido pelo MEC, caso esteja cursando curso superior e se inscreva como transferência externa;
  • histórico acadêmico/escolar de curso superior reconhecido ou autorizado pelo MEC, com informações constantes do item 4.3.6 do edital de abertura;
  • ementas das unidades curriculares (disciplinas) cursadas para eventual aproveitamento e pontuação (não obrigatórias para participar do processo, mas obrigatórias para pontuar e definir a classificação do candidato).

Para reingresso e transferência interna, além do requerimento de inscrição, é necessário anexar os seguintes documentos digitalizados:

  • RG ou outro documento oficial de identificação com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF), caso não conste no RG ou em outro documento oficial de identificação; e
  • carta pessoal, informando os motivos para solicitar o reingresso ou transferência interna.

Seleção – A documentação dos inscritos será avaliada por uma comissão do campus onde as vagas são ofertadas.

Para portador de diploma e transferências (interna e externa) será verificado se as unidades curriculares cursadas na instituição de origem ou o curso atendem ao conteúdo programático das unidades curriculares do curso em que o candidato deseja ingressar. Para reingresso, será avaliado o Coeficiente de Rendimento (CR).

Não serão considerados estágio, atividades complementares ou Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Depois de avaliadas, as inscrições serão classificadas em ordem decrescente, considerando a seguinte ordem:

  • maior pontuação, conforme unidades curriculares aproveitadas ou CR, nos casos de reingresso;
  • menor número de unidades curriculares a serem cursadas nos períodos anteriores ao que o candidato foi enquadrado;
  • maior média aritmética de todas as unidades curriculares aproveitadas; e
  • maior idade.
Jornal Midiamax