Cotidiano

Homem é multado em R$ 5,5 mil por abate de animal em extinção em MS

Dois animais foram encontrados mortos dentro de caminhonete em Fátima do Sul

Nathália Rabelo Publicado em 31/12/2021, às 11h38

O veículo e os animais abatidos foram apreendidos pelos policiais
O veículo e os animais abatidos foram apreendidos pelos policiais - (Foto: Divulgação/PMA)

Um homem de 49 anos foi multado em R$ 5,5 mil reais por abate de tatu-galinha, que está na lista de espécie em extinção, e uma cutia, em Fátima do Sul. O caso aconteceu na noite de quinta-feira (30).

Segundo informações da PMA (Polícia Militar Ambiental), os animais silvestres foram encontrados mortos dentro de uma Chevrolet S10 durante rondas no período noturno. O suspeito, que trabalha como borracheiro, afirmou ter ganhado os bichos e se negou a informar a procedência.

O veículo e os animais abatidos foram apreendidos pelos policiais, enquanto o suspeito recebeu voz de prisão e encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Fátima do Sul.

O infrator vai responder por crime ambiental com pena de seis meses a um ano de prisão com aumento devido ao tatu-galinha estar em extinção. O borracheiro também foi autuado e multado administrativamente em R$ 5.500,00.

Jornal Midiamax