Cotidiano

Gastando mais de R$ 300 com a mãe acamada, Valéria precisa de máquina de costura para voltar a trabalhar

Costureira vendeu seu equipamento para custear internação da mãe

Fábio Oruê Publicado em 26/10/2021, às 17h13

Elza teve embolia pulmonar e ficou um mês internada; agora só se alimenta através de uma sonda
Elza teve embolia pulmonar e ficou um mês internada; agora só se alimenta através de uma sonda - Foto: Arquivo pessoal

Com a mãe acamada em decorrência de uma embolia pulmonar, a costureira Valéria Santos, de 40 anos, teve que vender suas máquinas de costura para ajudar no tratamento da matriarca Elza dos Santos, de 78, dois meses atrás. Agora, a trabalhadora autônoma quer conseguir um outro equipamento para voltar a trabalhar. 

"Eu queria as máquinas para eu trabalhar e poder ajudar mais", disse ela ao Jornal Midiamax. Na casa ela mora com a mãe, que recebeu alta da Santa Casa cerca de um mês atrás, e outros três filhos adolescente, que tem entre 10 e 15 anos. A família vive da renda do auxílio emergencial e do Vale Renda atualmente. 

Porém, com a dieta especial da mãe, que se alimenta através de sonda, e as fraldas que ela usa, o gasto ultrapassada os R$ 300, fora as pomadas e gazes que nem sempre estão disponíveis pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Além de vender suas máquinas, a costureira costuma fazer comida nos fins de semana para arrecadar uma renda extra. "Eu já fiz carreteiro, feijoada e bobó de galinha e conseguia arrecadar uns 150 reais todas as vezes. É pouco", explicou ela. 

Agora, ela quer voltar a trabalhar e aumentar a renda da família. Enquanto não consegue uma máquina de costura, ela vai continuar a fazer a comida para vender. A próxima venda está planejada para o domingo, dia 7. "Eu vou fazer a feijoada porque eu acho que vende mais", contou.  

A máquina pode ser doada, mas a ajuda em dinheiro também é bem-vinda para ajudar a custear a alimentação e fraldas da mãe. Quem quiser fazer doações pode entrar em contato com os números: (67) 9 8157-4111 ou no (67) 9 8194-7756. Estão disponíveis também duas chaves do Pix: O CPF 73034258291 ou número de celular 67981947756.

Jornal Midiamax