Cotidiano

Fazendeiro é multado em R$ 10 mil por desmatar mata ciliar de córrego para construir estrada

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um fazendeiro em R$ 10 mil por usar máquina e desmatar matas ciliares de córrego para construção de estrada em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande. Uma equipe da PMA realizava fiscalização durante a tarde desta terça-feira (23), em uma fazenda localizada no Distrito de Piraputanga e […]

Diego Alves Publicado em 24/03/2021, às 19h39

PMA
PMA - PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou um fazendeiro em R$ 10 mil por usar máquina e desmatar matas ciliares de córrego para construção de estrada em Aquidauana, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande.

Uma equipe da PMA realizava fiscalização durante a tarde desta terça-feira (23), em uma fazenda localizada no Distrito de Piraputanga e localizou uma estrada que fora construída, degradando as matas ciliares (área de preservação permanente – APP) de um córrego que corta a propriedade.

De acordo com a polícia, no local, o proprietário da fazenda realizou com uso de máquina de esteira, que não estava mais no local, a derrubada da vegetação protegida do córrego das Antas, para a abertura da estrada, degradando, inclusive, as margens do córrego, ao construir duas rampas para criar passagem por dentro do curso d’água.

A atividade fora realizada sem autorização ambiental e foi interditada. O infrator (58), residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 10 mil.
Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA).

Jornal Midiamax