Cotidiano

Espaço gastronômico é esperança de retomada no movimento do comércio nas Moreninhas

Projeto foi anunciado pela prefeitura de Campo Grande

Ranziel Oliveira Publicado em 24/05/2021, às 08h00

Parte do projeto do espaço gastronômico
Parte do projeto do espaço gastronômico - (Foto: Divulgação / Assessoria)

A Prefeitura de Campo Grande apresentou um estudo para implantação de um espaço gastronômico nas Moreninhas, na área ao lado do Terminal de ônibus, na Rua Anacá. Entre moradores e comerciantes da região, a ideia é aguardado com bons olhos e uma projeção de retomada no movimento do comércio.

Na rua Barreias, ao lado do terminal, o proprietário de uma empresa aguarda a implantação do projeto com bastante expectativa, mas sem criar falsas esperanças. “Se realmente sair do papel vai ser bom, vai ter mais movimento e procura maior para o comércio em geral”, disse Joaquim César, de 35 anos

[Colocar ALT]
Local atualmente (Foto: Ranziel Oliveira / Jornal Midiamax)

Durante a noite, o local sofre com problemas de iluminação, tornando o ambiente mais perigoso. De acordo com o comerciante, essa intervenção influenciaria positivamente nesse aspecto, além de devolver o movimento afastado com a retirada da integração no terminal. “Quando funcionava a integração era bom, agora é só um ponto final. Acredito que deve melhorar 70% no movimento, a tendência de qualquer coisa nova é chamar atenção”, finalizou ele.

Do mesmo lado da via, uma vendedora de roupas enxerga o espaço gastronômico com um grande potencial para economia local, trazendo visitantes dos bairros do entorno para conhecer o local. “Acho legal, vai trazer mais gente. Vai ficar mais próximo para as pessoas de outros bairros. Seria um atrativo para vir conhecer a região”, exclamou Dayane Joyce, de 30 anos. A vendedora também sentiu a queda no movimento com a retirada da integração dos ônibus na região.

Enquanto aguardava em um salão de beleza do outro lado do terminal, na Travessa Hamandriade, o açougueiro Fabiano Vieira, de 40 anos, conversou com a equipe do Jornal Midiamax e também considera positivo o estudo da prefeitura. “Vai valorizar os imóveis, com fluxo de pessoas vai gerar mais renda”, disse ele.

Morando há 30 anos no bairro, o açougueiro acredita que o espaço gastronômico é uma grande melhoria para o bairro e um diferencial para a vila.

Sentado no banco do terminal e aguardando o ônibus Moreninhas B, a doméstica Ivanir de Azevedo, de 57 anos, utiliza o transporte coletivo todos os dias e aguarda o espaço como uma referência para o lazer. “Tudo que tentam para melhorar o local onde as pessoas moram é muito bom. A moreninha não tem um local certo para você sair igual outras regiões da cidade”, finalizou Vieira.

O projeto

[Colocar ALT]
intervenção deve contar com praça de alimentação e área kids (Foto: Divulgação / Assessoria)

Moradores e comerciantes das Moreninhas receberam na quarta-feira (19) a primeira apresentação do estudo preparado pela Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano) visando a implantação do Espaço Gastronômico para a região. 

O local contará com praça de alimentação, palco para apresentações culturais, locais para entrega de resíduos sólidos, vagas para estacionamento, além de espaços de convivência e espaço para bikes fazem parte do estudo, com preservação da vegetação do local, foram itens apresentados na proposta que além de espaço gastronômico, para comercialização de alimentos, deverá conter também área kids e locais para vendas de artesanatos e outros produtos.

Jornal Midiamax