Cotidiano

Em quatro meses, advogado deu golpe de R$ 75 mil no Asilo São João Bosco

Enquanto fingia tomar conta das questões judiciais e trabalhistas do Asilo São João Bosco, um advogado aplicou golpe de aproximadamente R$ 75 mil na instituição.

Dândara Genelhú Publicado em 28/01/2021, às 18h30 - Atualizado às 18h31

(Foto: Ilustrativa/ Arquivo Midiamax)
(Foto: Ilustrativa/ Arquivo Midiamax) - (Foto: Ilustrativa/ Arquivo Midiamax)

Enquanto fingia tomar conta das questões judiciais e trabalhistas do Asilo São João Bosco, um advogado aplicou golpe de aproximadamente R$ 75 mil na instituição. Os valores foram roubados ao longo de O caso veio à tona nesta quinta-feira (28) e foi denunciado à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Então, de acordo com a denúncia, o homem advogava representando a instituição em questões trabalhistas. Assim, ficava responsável por fazer o pagamento de processos já em abertos e demissões.

O golpe era aplicado quando o advogado informava a administração do asilo de que determinado valor havia sido bloqueado pela Justiça. Cerca de um mês depois, ele realizava depósito de uma pequena quantia para a instituição, informando que era o valor liberado.

Isto aconteceu duas vezes com grandes montantes, a primeira quando cerca de R$ 35 mil foram roubados e a segunda quando mais de R$ 40 mil não voltaram para o asilo. De acordo com o documento, parte do valor era referente a uma doação que o asilo havia ganhado.

A primeira movimentação do asilo em relação ao golpe foi em  31 de agosto de 2020, quando a instituição registrou ocorrência na Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada). Ao Jornal Midiamax, a advocacia Marcelino, que agora representa o lar de idosos, informou que com a atualização monetária, serão pedidos R$ 116 mil de restituição.

O asilo recebe doações para manter o quadro de funcionários e principalmente os mais de 80 idosos que dependem do local para viver de forma saudável. Assim, nesta sexta-feira (29), será realizada uma coletiva de imprensa na instituição para esclarecer a situação.

Jornal Midiamax