Cotidiano

Em MS, superlotação de 104% nas UTIs Covid-19 faz 24 pacientes serem atendidos além da capacidade

Campo Grande tem superlotação de 107% nas UTIs Covid-19

Dândara Genelhú Publicado em 12/04/2021, às 17h00

Leitos de UTI atendem pacientes em estado grave da Covid-19.
Leitos de UTI atendem pacientes em estado grave da Covid-19. - Foto: Reprodução/ Agência Brasil.

Nesta segunda-feira (12), Mato Grosso do Sul registra 104,12% de superlotação nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) Covid-19. Assim, 24 pacientes são atendidos além da capacidade hospitalar do Estado.

Os dados são do Painel Mais Saúde, disponibilizados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), atualizados até às 16h40. Então, são 607 pacientes sendo atendidos no Estado com quadro grave da Covid-19. No entanto, são 583 leitos existentes, o que gera o atendimento além da capacidade.

Nos leitos clínicos a situação está em nível médio de alerta, pois a ocupação é de 70,94%. Assim, são 886 pacientes internados por causa do coronavírus. Ou seja, sobram 363 vagas disponíveis, dos 1.249 leitos registrados no Painel.

Em Campo Grande, a superlotação é de 107,12%. Então, existem 361 pacientes sendo atendidos nos leitos de UTI Covid-19 da Capital. Porém, são registrados apenas 337 na cidade, o que faz 24 pessoas serem atendidas além da capacidade.

Já na Capital, a situação é crítica nos leitos clínicos também. Com 90,89% de lotação, os leitos atendem 439 pessoas. São 483 leitos registrados, então ainda existem 44 vagas para internações Covid-19 nestas instalações.

Jornal Midiamax