Cotidiano

Em MS, oito cidades marcam manifestação contra Bolsonaro neste sábado

Mais de 409 atos contra o Governo Bolsonaro foram confirmados em todo o Brasil

Dândara Genelhú Publicado em 18/06/2021, às 15h36

Em Campo Grande, a manifestação acontece a partir das 9h.
Em Campo Grande, a manifestação acontece a partir das 9h. - Foto: Arquivo | Midiamax

Neste sábado (19), oito cidades de Mato Grosso do Sul irão realizar atos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As manifestações acontecem a partir das 8h30 no Estado.

Além de protestar contra a maneira que o Governo Bolsonaro conduz a pandemia no Brasil, entidades estudantis reivindicam a reposição do orçamento da educação. “Não vamos sucumbir ao genocídio e ao retrocesso, vamos nos organizar para defender nosso futuro! Dia 19 de Junho iremos às ruas denunciar e resistir a tantos ataques. Nós exigimos vida, pão, vacina e educação”, disse a presidente da Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), Rozana Barroso.

Alguns atos arrecadam e doam alimentos por todo o Brasil. Além disso, as entidades irão distribuir máscaras de proteção em alguns atos, além de cobrar medidas de biossegurança como distanciamento.

De acordo com levantamento da Ubes, 409 atos serão realizados em todo o Brasil. Assim, em Campo Grande a manifestação está marcada para às 9h na Praça do Rádio. Outros municípios de MS que participam do ato:

  • Bonito - Praça da Liberdade às 16h
  • Corumbá - Concentração na Frei Mariano com a Dom Aquino às 8h30
  • Coxim - Antiga Praça da Concha às 15h
  • Dourados - Praça Antônio João às 9h30
  • Nova Andradina - Praça do Museu às 9h
  • Três Lagoas - Praça do Relógio às 9h
  • Itaquiraí - Trevo BR-163 às 9h
Jornal Midiamax