Cotidiano

Em dourados, vacinas contra Covid e Influenza são disponibilizadas em postos diferentes

Segundo a prefeitura, esquema montado busca reduzir confusão na aplicação dos imunizantes

Marcos Morandi Publicado em 15/04/2021, às 08h17

Criança recebe dose da Influenza em unidade de Saúde de Dourados
Criança recebe dose da Influenza em unidade de Saúde de Dourados - Marcus Moura

Para não confundir os usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) e ao mesmo tempo evitar aglomerações, a aplicação dos imunizantes contra a Covid-19 e Influenza em Dourados acontece em unidades diferentes. A medida foi adotada pela prefeitura municipal desde a última segunda-feira (12).

Das 36 36 UBS (Unidade Básica de Saúde), destas, 23 participam do esquema de vacinação contra as duas doenças. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Edvan Marques, as medidas são tomadas para garantir o funcionamento da campanha e não gerar confusão entre os imunizantes.

Ainda segundo o secretário, as pessoas que se enquadram nos dois esquemas de vacinação precisam fazer um intervalo de no mínimo 14 dias, entre as doses, para que tenham o desempenho esperado.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Edvan Marques, as medidas são tomadas para garantir o funcionamento da campanha e não gerar confusão entre os imunizantes. Segundo ele, essa é uma recomendação do Instituto Butantan, que produz a Coronavac no Brasil, que é uma das principais vacinas aplicadas em Dourados.

“Com isso, nós estamos orientando a população de acordo com a solicitação do instituto, que teme efeitos colaterais, como a perda da eficiência da vacina caso esse prazo não seja cumprido”, explica Edvan Marques.

No município existem 15 unidades urbanas que disponibilizam as doses de Influenza. Sendo elas: Novo Horizonte, Seleta, Cuiabazinho, Vila Hilda, Campo Dourado, Carisma, Piratininga, Chácara dos Caiuás, Maracanã, Cabeceira Alegre, Parque das Nações, Jockei Clube, Guaicurús e Bem Te Vi. Nesta primeira fase serão vacinadas crianças de 6 meses a crianças de 5 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

Já a imunização da Covid-19, que, no momento são disponibilizadas para idosos de 62 anos ou mais, ocorre em nove unidades, sendo elas: Altos do Indaiá, Ouro Verde, Parque das Nações I, Quarto Plano, Vila Rosa, Idelfonso Pedroso, CSU, Parque do Lago II e Vila Vieira.

Jornal Midiamax