Cotidiano

Em Campo Grande, 277 pessoas furaram o toque de recolher e foram abordadas na sexta-feira

Guarda Civil apurou 15 aglomerações

Dândara Genelhú Publicado em 17/04/2021, às 08h43

Toque de recolher em Campo Grande é das 20h às 5h
Toque de recolher em Campo Grande é das 20h às 5h - (Foto: Divulgação, GCM)

Na sexta-feira (16), 277 pessoas foram abordadas após o toque de recolher em Campo Grande, que vai das 20h às 5h. Duas operações fazem a fiscalização da medida de combate ao coronavírus na Capital. 

Na operação da GCM (Guarda Civil Metropolitana), foram abordadas 192 pessoas. Após o toque de recolher, 61 estabelecimentos foram orientados pelas equipes da GCM e 15 denúncias de aglomeração foram averiguadas. Durante toda a operação, oito boletins foram expedidos por despeito à regra sanitária. Apenas uma prisão foi feita na noite da sexta-feira (16). 

A outra operação do toque de recolher é feita pela Sesdes/GCM (Secretaria de Segurança e Defesa Social/Guarda Civil Metropolitana), Agetran (Agência de Trânsito e Transporte), Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Vigilância Sanitária, Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e Procon (Superintendência de Proteção ao Consumidor).

A ação flagrou 85 pessoas após o toque de recolher, que foram orientadas. Nove boletins foram expedidos por causa da Covid-19 e nenhuma prisão foi realizada.  Além disto, na operação de trânsito, 196 veículos foram abordados e 34 motocicletas foram paradas. Foram realizados 230 testes de bafômetro, sendo que 10 recusaram e 15 notificações foram expedidas. Em apenas uma pessoa foi constatada embriaguez.

Jornal Midiamax