Cotidiano

Em áudio, professor da rede estadual de MS revela esquema para atestados: 'dou um truque'

SED informou que está ciente do caso e apura a conduta do servidor

Mariane Chianezi Publicado em 03/12/2021, às 18h52

None
Ilustrativa

Um professor de escola estadual de Campo Grande tem sido alvo de investigação da SED (Secretaria Estadual de Educação) após áudio gravado por ele ‘vazar’ em grupos nas redes sociais. Em gravação, ele zomba que não trabalha e tem ‘esquema’ para garantir atestados médicos e ficar longe das salas de aula.

No áudio, em que o Jornal Midiamax teve acesso, o professor fala como consegue o atestado e ri, dizendo ser ‘muito esperto’ por garantir as licenças através de atestados psiquiátricos. De acordo com o Portal da Transparência do Governo do Estado, o professor tem remuneração mensal de R$ 11.496,51.

“Sou uma pessoa muito esperta, estou readaptado porque não gosto de dar aula em muito tempo, não entro no sistema do governo. Tem 40 aulas e tenho 32 salas de aula, isso é desumano, não vou dar mais aula não. Vou ficar readaptado, dou uma choradinha lá na psiquiatra, dou um truque”, se referindo ao fingimento em sua condição psicológica. 

Em minutos finais do áudio, ele desafia a pessoa a quem encaminha a denunciá-lo. “Se quiser me denunciar, me denuncia, sua palavra não conta mesmo”, afirma.

A SED (Secretaria Estadual de Educação), disse à reportagem que já está ciente do caso e apura a situação. “A SED, por intermédio da Coordenadoria de Gestão Escolar (Coges) está ciente do ocorrido e segue em contato com a direção da escola para as devidas orientações quanto ao caso”, diz nota.

Jornal Midiamax