Cotidiano

Em 7 dias, MS registra 62 novos casos e triplica notificações de dengue

Em uma semana, MS registrou 62 novos casos de dengue e triplicou o número de nofiticações da doença, que é 409 no total.

Dândara Genelhú Publicado em 20/01/2021, às 18h45

Larvas do mosquito da dengue se desenvolvem em acumulados de água. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)
Larvas do mosquito da dengue se desenvolvem em acumulados de água. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax) - Larvas do mosquito da dengue se desenvolvem em acumulados de água. (Foto: Henrique Arakaki, Midiamax)

Em uma semana, Mato Grosso do Sul registrou 62 novos casos de dengue. Além disto, o número de notificações da doença foi três vezes maior do que o da primeira semana do ano. No total já são 409 casos prováveis em todo o Estado.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), publicado nesta quarta-feira (20), MS possui 69 casos de dengue. Os casos estão distribuídos entre 12 municípios sul-mato-grossenses.

Com maior concentração, Campo Grande registrou 30 casos confirmados de dengue. Assim, Rio Brilhante possui 24 pessoas com a doença.

Já Corumbá confirmou quatro casos de dengue e em Chapadão do Sul foram três confirmações. Então, outras cidades possuem apenas um caso da doença. São elas: Alcinópolis, Anaurilândia, Antônio João, Bonito, Caarapó, Dourados, Ladário e Três Lagoas.

Até o momento, nenhum município de MS registrou alta incidência de dengue. Entretanto, o Estado finalizou 2020 como a segunda federação do país com maior incidência da doença.

De acordo com levantamento realizado pelo Ministério da Saúde. Assim, no ano passado foram registrados 72.751 casos prováveis da doença, causada pelo mosquitoAedes aegypti.

Jornal Midiamax