Cotidiano

Em 3º caso este mês, PMA resgata ave enroscada linha de anzol

Policiais Militares Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda resgataram a ave da espécie curicaca

Lucas Mamédio Publicado em 18/09/2021, às 14h05

Policiais tirando a linha das patas da ave
Policiais tirando a linha das patas da ave - (Foto: Divulgação/PMA)

Policiais Militares Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito, resgataram nesta sexta-feira (17)  uma ave da espécie curicaca, que estava enroscada em uma linha de anzol. Esse foi o terceiro caso neste mês. A denúncia desse último caso foi feita por um pescador, de 50 anos, que procurou a PMA informando que o animal estava à margem da rodovia MS 345r. 

Os policiais conseguiram retirar a linha de náilon que estava enroscada nas patas da ave e já havia causado ferimentos. Se ficasse mais tempo, segundo a PMA, com o movimento do animal, a linha poderia amputar uma das patas. A equipe ainda pediu atendimento de um médico veterinário à curicaca, que teve o ferimento tratado e voltou a natureza.

Outros casos

Primeiro - Policiais Militares Ambientais de Coxim, resgataram no dia (6) uma ave silvestre da espécie garça-branca-grande (Ardea alba) presa em um anzol de galho, no rio Taquari, na região conhecida como Barranco Vermelho, no município, a 15 km da cidade.

Segundo - No dia (5), Policiais Militares Ambientais de Naviraí também resgaram uma ave silvestre da espécie garça-real-europeia (Ardea cinerea) presa em um anzol de galho no rio Amambai no município, a 50 km da cidade.

Jornal Midiamax