Cotidiano

Em 15 dias, mais de 400 indígenas foram infectados por coronavírus em MS

Mato Grosso do Sul já registrou 3.453 casos confirmados de coronavírus em indígenas.

Dândara Genelhú Publicado em 02/01/2021, às 16h25 - Atualizado em 03/01/2021, às 11h19

Aldeia Jaguapiru. (Foto: Divulgação).
Aldeia Jaguapiru. (Foto: Divulgação). - Aldeia Jaguapiru. (Foto: Divulgação).

Em 15 dias, 410 indígenas sul-mato-grossenses foram infectados por coronavírus. Assim, Mato Grosso do Sul já registrou 3.453 casos confirmados de Covid-19 em povos nativos.

Os dados são levantados pela Sesai (Secretaria de Saúde Indígena). O recorte de casos foi considerado de 14 a 29 de dezembro, último dia em que o painel foi atualizado.

Então, dos 34 Dseis (Distritos Sanitários Especiais Indígenas) brasileiros, MS é o com maior número de casos de coronavírus concentrados. De acordo com o Boletim Covid-19 da Secretaria, já foram registradas 72 mortes de indígenas do Estado, causadas pela doença.

Além dos confirmados, outros dez casos aguardam resultado do teste da doença e seguem como suspeitos. Segundo os dados, do total de casos, 86 indígenas sul-mato-grossenses ainda estão infectados pela doença.

Jornal Midiamax