Cotidiano

É golpe: novo ataque usa agendamento de vacina da Covid-19 para clonar celulares em MS

Os golpistas têm usado novas estratégias para clonar celulares em Mato Grosso do Sul. Desta vez, os criminosos têm usado a vacina contra o coronavírus como um atrativo para enganar os usuários nas redes sociais.  O golpe tem sido aplicado principalmente via WhatsApp, quando o criminoso envia uma mensagem para o usuário informando sobre a […]

Mylena Rocha Publicado em 08/02/2021, às 09h40 - Atualizado às 14h30

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução) - (Foto: Reprodução)

Os golpistas têm usado novas estratégias para clonar celulares em Mato Grosso do Sul. Desta vez, os criminosos têm usado a vacina contra o coronavírus como um atrativo para enganar os usuários nas redes sociais. 

O golpe tem sido aplicado principalmente via WhatsApp, quando o criminoso envia uma mensagem para o usuário informando sobre a vacinação contra o coronavírus. O golpista se apresenta como um representante do Ministério da Saúde e oferece ao usuário o agendamento para a vacinação. 

Com a justificativa de agendamento de vacinação, o criminoso pede o código de ativação enviado por SMS, esse número dá acesso ao aplicativo e assim ele consegue clonar o WhatsApp da vítima. Diante do novo golpe, o Ministério da Saúde já alertou para o novo golpe. “O Ministério da Saúde não telefona para marcar vacinação e jamais pede este tipo de confirmação de dados”.

É importante alertar que o código de ativação do WhatsApp enviado por SMS não deve ser compartilhado com outras pessoas. Com ele, o golpista pode clonar a conta e utilizar os contatos da vítima para praticar crimes. Uma dica é ativar a verificação do WhatsApp em duas etapas, o que irá dificultar os golpes.

Jornal Midiamax