Cotidiano

Cratera interdita ponte no Portal Caiobá e moradores improvisam passagem

Há pelo menos 15 dias, moradores do Portal Caiobá, em Campo Grande, improvisaram uma passagem em uma das entradas do bairro.

Dândara Genelhú Publicado em 23/01/2021, às 15h55 - Atualizado às 17h52

Cratera está aberta há mais de 15 dias. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax.
Cratera está aberta há mais de 15 dias. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax. - Cratera está aberta há mais de 15 dias. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax.

Há pelo menos 15 dias, moradores do Portal Caiobá, em Campo Grande, improvisaram uma passagem em uma das entradas do bairro. A alternativa foi tomada após uma cratera derrubar parte da ponte e interditar o local.

O buraco voltou a atormentar os moradores após a chuva forte que atingiu a Capital, na semana passada. No local é possível ver que mais da metade da ponte cedeu e ferragens ficaram à mostra no córrego que passa por ela.

No momento em que a equipe de reportagem estava no local, o jardineiro Alcides Cabreira, 32, se esforçava para continuar o trajeto rotineiro de bicicleta. Com a ponte interditada, os moradores improvisaram

Cratera interdita ponte no Portal Caiobá e moradores improvisam passagem
Passagem improvisada. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax.

um caminho de terra em meio ao matagal que fica ao lado da edificação.

Assim, o jardineiro que passa ali todos os dias, destacou que o maior risco é para quem passa pelo caminho improvisado de bicicleta ou moto. “Anteontem ajudei uma senhora que estava passando de moto com o marido, ela caiu da moto durante o desvio, que é no meio do mato”, relembrou.

Situação recorrente

O próximo retorno de acesso ao bairro fica longe e geralmente a população se arrisca para economizar tempo. Com isso, o borracheiro Renato Carvalho, 33, afirma que o local que já era movimentado, fica congestionado em horários de pico.

Então, a borracharia de Renato fica bem na esquina da ponte e segundo ele, a situação prejudica até mesmo o comércio. Nas duas semanas em que a cratera está aberta, ele disse que “a Prefeitura foi, tirou foto, sinalizou e apenas jogou concreto”.

Pedras foram colocadas nas duas vias de entrada e saída da ponte. Para os moradores da região, o local é conhecido pelas crateras. “Estava demorando para acontecer, porque ano passado não abriu”, comentou o borracheiro.

Cratera interdita ponte no Portal Caiobá e moradores improvisam passagem
A ponte foi interditada. Foto: Henrique Arakaki | Midiamax.

De acordo com Renato, há sete anos um carro caiu na cratera, pois estava passando bem na hora que o chão cedeu. O Jornal Midiamaxnoticia a situação desde 2013. Na semana passada, os moradores afirmaram que com a chuva, a água chegava a bater nos faróis dos carros.

Por fim, a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) informou que “em função das chuvas que caíram na região, parte do aterro de uma das cabeceiras rompeu”.

Assim, a Sisep informou que “iniciou o trabalho de recomposição mas o serviço foi interrompido porque tem chovido praticamente todos os dias”.

Ainda conforme a nota, na próxima semana, “se as condições climáticas permitirem , o serviço será concluído para garantir a reabertura do tráfego em meia pista .Será necessária uma cortina de concreto para proteger as margens e evitar que a força da enxurrada volte a danificar o aterro”.

Então, para os moradores do São Conrado e Santa Emília, as alternativas de acesso são a Avenida Conde de Boa Vista e a Rua das Árvores ,o que aumenta o trajeto em aproximadamente 1 km.

*Editada às 17h52 para acréscimo de informações

Jornal Midiamax