Cotidiano

Confira os limites de ocupação para bares, salões de beleza e eventos a partir desta sexta em MS

Apesar da classificação, Campo Grande segue com toque de recolher às 23h

Gabriel Maymone Publicado em 30/07/2021, às 09h35

Bares devem obedecer lotação conforme a bandeira do Prosseguir
Bares devem obedecer lotação conforme a bandeira do Prosseguir - Leitor/Fala Povo/WhatsApp Midiamax

O governo de Mato Grosso do Sul alterou os limites de ocupação para várias atividades classificadas como de risco para contaminação de covid como bares, conveniências, salões de beleza e outros, conforme publicação no Diário Oficial. A medida entra em vigor nesta sexta-feira (30).

No entanto, Campo Grande segue com toque de recolher às 23h por ter decreto próprio. A partir do dia 1º, o toque passará a ser meia-noite.

De acordo com a publicação, a regra de capacidade máxima do estabelecimento deve obedecer à classificação do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) da seguinte forma:

  • Bandeira cinza: 30% 
  • Bandeira vermelha: 50% 

A medida, no entanto, vale apenas para os seguintes tipos de estabelecimentos:

I - bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas, com ou sem entretenimento;
II - parques de diversão e parques temáticos;
III - exploração de boliches, de jogos de sinuca, bilhar e similares, jogos eletrônicos recreativos, casas de bingo, apostas em corridas de cavalos, jogos de azar e apostas, e outras atividades congêneres;
IV - atividades de exibição cinematográfica;
V - serviços de organização de feiras, congressos, exposições, festas e eventos;
VI - atividades de museus e de exploração de lugares e prédios históricos, e outras congêneres;
VII - produção teatral e musical; espetáculos de dança, circenses, de marionetes e similares; rodeios, vaquejadas e similares; atividades de sonorização e de iluminação, e outras atividades congêneres;
VIII - discotecas, danceterias, salões de dança e outras atividades congêneres;
IX - atividades de sauna e banhos;
X - tabacarias;
XI - cabeleireiros, atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza; clínicas de estética e outras atividades congêneres.

O toque de recolher continua conforme a classificação do Prosseguir:

  • Bandeira cinza: das 20h às 5h
  • Bandeira vermelha: das 21h às 5h
  • Bandeira laranja: das 22h às 5h

Confira abaixo o novo mapa do Prosseguir, válido até 11 de agosto:

Mudança no Prosseguir

O Prosseguir deixou de utilizar o termo ‘serviço essencial’ para definir os estabelecimentos que são prioridades durante a pandemia em Mato Grosso do Sul. Agora, todas as atividades econômicas estão liberadas e somente os estabelecimentos com atividades propícias para aglomeração terão restrição na ocupação, conforme a lista citada acima.

No entanto, em Campo Grande, o toque de recolher é definido por decretos municipais e segue 23h conforme informou o procurador municipal Alexandre Ávalo

O presidente do Comitê Gestor do Prosseguir, Eduardo Riedel, explica que as atividades econômicas listadas estarão restritas conforme a bandeira no mapa de risco, mas todas as outras estão liberadas. “Não há mais o conceito de atividade essencial. Elencamos várias atividades que vão ter, a partir de agora, a sua lotação baseada na bandeira”, diz. 

Riedel afirma que a lista de atividades que terão restrições conforme a classificação do município no Prosseguir são aquelas que podem ter aglomeração e, na experiência da pandemia, foram as que mais geraram contaminações pelo coronavírus.

Jornal Midiamax