Cotidiano

Confira as 10 cidades com maior incidência de coronavírus no MS

A maior taxa de incidência de coronavírus entre os municípios de Mato Grosso do Sul chega a 7,1 mil para cada 100 mil habitantes.

Dândara Genelhú Publicado em 08/01/2021, às 14h59

Vista aérea de Chapadão do Sul, cidade com segunda maior incidência de coronavírus no MS. (Foto: Divulgação)
Vista aérea de Chapadão do Sul, cidade com segunda maior incidência de coronavírus no MS. (Foto: Divulgação) - Vista aérea de Chapadão do Sul, cidade com segunda maior incidência de coronavírus no MS. (Foto: Divulgação)

Com 1.186 novos casos confirmados nas últimas 24h, Mato Grosso do Sul enfrenta o avanço da pandemia do coronavírus. Assim, a maior taxa de incidência da doença entre os municípios do Estado chega a 7,1 mil para cada 100 mil habitantes.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), desta sexta-feira (08), MS possui incidência de 5 mil casos de Covid-19 para cada 100 mil habitantes. Mantendo a posição desde dezembro, Chapadão do Sul é a cidade com maior incidência registrada. São 7,1 mil casos para cada 100 mil moradores.

Então, a segunda colocada é Campo Grande, com 6,9 mil infectados para a mesma proporção de habitantes. Além disto, a Capital é a que mais acumula casos confirmados, são 63.418 até esta sexta-feira (08).

Dourados é o terceiro município com mais incidência, são 6,7 mil casos para cada 100 mil habitantes. Em São Gabriel do Oeste, o quarto do ranking, foi registrada taxa de 6,27 mil infectados para a mesma proporção de moradores.

Assim, em quinto lugar está Corumbá. O município possui 6,24 mil casos de coronavírus para cada 100 mil corumbaenses. Dois Irmãos do Buriti é o sexto colocado, com taxa de 6,09 mil infectados para cada 100 mil habitantes.

Com isso, Bataguassu fica em sétimo lugar, com 6,02 mil casos confirmados para a mesma proporção de moradores. Em oitava colocação está Aquidauana, com 5,9 mil infectados para cada 100 mil habitantes.

Por fim, os últimos colocados são Ladário, com 5,6 mil casos de coronavírus para cada 100 mil pessoas, e Cassilândia, com 5,5 mil casos para a mesma proporção.

Jornal Midiamax