Cotidiano

Comunidades continuam isoladas e Corguinho busca ajuda federal para reconstruir pontes

Após tempestade histórica que destruiu pontes e estradas vicinais em Corguinho, a 96 km de Campo Grande, na última terça-feira (16), comunidades quilombolas continuam isoladas. Equipes da Defesa Civil Estadual continuam no município para os levantamentos que irão basear um pedido de reconhecimento de situação de emergência por parte da União. As pontes sobre os […]

Gabriel Maymone Publicado em 22/02/2021, às 12h00

A ponte de acesso à comunidade quilombola foi levada pela força da água. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
A ponte de acesso à comunidade quilombola foi levada pela força da água. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - A ponte de acesso à comunidade quilombola foi levada pela força da água. (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Após tempestade histórica que destruiu pontes e estradas vicinais em Corguinho, a 96 km de Campo Grande, na última terça-feira (16), comunidades quilombolas continuam isoladas. Equipes da Defesa Civil Estadual continuam no município para os levantamentos que irão basear um pedido de reconhecimento de situação de emergência por parte da União.

As pontes sobre os córregos Formiga, São Jerônimo e Barreirinho foram destruídas pela forte correnteza, deixando famílias isoladas nas comunidades. Então, segundo a prefeita Marcela Ribeiro Lopes (PSDB), a última atualização indica um total de 6 pontes destruídas, sendo 4 de madeira e 2 de concreto.

Conforme o coordenador da Defesa Civil de MS, Fábio Catarinelli, as equipes estão desde sexta-feira (19) no município avaliando os danos causados pela chuva. “Equipe está nesta segunda-feira (22) acompanhando a situação junto à prefeitura para buscar a emergência federal, para o município buscar recursos para reconstruir as pontes”, pontuou.

“A situação é crítica. Mas através da prefeitura e parcerias já demos início aos reparos emergenciais para abertura de desvios de modo a garantir o direito de ir e vir dos munícipes. Agora é esperar os procedimentos para receber o apoio que é o que vai salvar”, afirma.

Corguinho
Momento em que moradores resgatam criança que estava presa em água invadida pela água em Corguinho. (Imagem: Reprodução)

Estragos no município

Jornal Midiamax