Cotidiano

Com videoaulas na pandemia, TV Reme é destaque em painel internacional sobre educação

Outra iniciativa reconhecida no painel foi o 'Programa Reflexões Pedagógicas'

Mylena Rocha Publicado em 20/05/2021, às 12h51

None
Divulgação/PMCG

As ações desenvolvidas pela Semed (Secretaria Municipal de Educação) após a suspensão das aulas presenciais durante a pandemia em Campo Grande foram destaque em um evento internacional de educação. O painel Transição Digital na Educação foi realizado de forma on-line, em Portugal.

O Superintendente de Gestão das Políticas Educacionais (Suped), Waldir Leonel, participou do evento e falou sobre a atuação da Semed, para garantir que os alunos da Reme tivessem acesso às aulas de maneira remota. “O grande destaque é a TV Reme e a forma como inserimos os cadernos de atividades. Este ano já pensamos no retorno híbrido e na possibilidade de o aluno usar o material em casa ou na escola”, explicou.

A palestra, que foi realizada na sexta-feira (14), contou, ainda, com a participação do diretor-geral da Educação, José Vitor Pedroso, do Ministério da Educação de Portugal, e a fala do Superintendente Waldir Leonel foi para participantes em terras portuguesas e brasileiras. “É um privilégio poder mostrar as boas práticas que conseguimos desenvolver aqui em Campo Grande na área pedagógica, mesmo com os desafios da pandemia, tivemos êxitos”, afirmou.

Outra iniciativa desenvolvida para os profissionais da Reme, reconhecida internacionalmente, é o “Programa Reflexões Pedagógicas” desenvolvido pela Suped. Antes da pandemia, quando as formações eram presenciais, os professores tinham a participação exclusiva no período de treinamento e o mesmo ocorre nas transmissões on-line realizadas desde o ano passado. “É um momento de formação, que o professor tem para estudar, se atualizar”, explica o superintendente.

No ar desde o dia 8 de junho de 2020, a TV Reme está disponível para os 110 mil alunos da Rede Municipal de Ensino, pelo canal 4.2 da TVE, e as videoaulas podem ser assistidas pela internet, no canal do YouTube.

Jornal Midiamax