Cotidiano

Com novos professores, prefeitura anuncia ativação de Ceim de Dourados

Os 24 novos educadores prestarão atendimentos às turmas que vão do berçário I ao pré I no Parque das Nações I

Marcos Morandi Publicado em 01/05/2021, às 10h28

Centro infantil entra em funcionamento na próxima semana
Centro infantil entra em funcionamento na próxima semana - Marcus Moura/Prefeitura

Mais 24 novos educadores foram nomeados nesta sexta-feira (30) pela Prefeitura de Dourados para atividades no Ceim (Centro de Educação Infantil Municipal) Sebastiana Vieira Soares, no Parque das Nações I. Na próxima semana, a unidade entra em funcionamento.

A unidade disponibiliza 176 vagas para crianças cadastradas na REME (Rede Municipal de Ensino), distribuídas entre alunos que seguem do berçário I ao pré I. De acordo com a secretária municipal de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, com a nomeação, o CEIM passa a funcionar na próxima semana.

“A cerimônia ocorreu na sede do CEIM e realizamos todos os trâmites legais necessários para darmos início às aulas. Devido a pandemia, às aulas continuam no modelo remoto, mas os pais são atendidos no local. Além dos professores, foi nomeado todo o quadro que compõe o administrativo e a limpeza”, revela.

A entrega da estrutura ocorreu no dia 10 de abril e, em menos de um mês, as crianças serão atendidas. “Essa agilidade faz parte do plano de ação para garantir vagas na rede municipal de ensino. Com isso, as crianças da região terão uma opção de CEIM perto de casa”, destaca Ana Paula.

Para conclusão da obra foi investido R$ 1,4 milhão. Duas empresas foram responsáveis pela construção do CEIM. A primeira proposta de licitação foi aberta em dezembro de 2013, a ganhadora foi a empresa Decisão Construtora. Em fevereiro de 2014 a decisão foi homologada e em abril foi dada a primeira ordem de serviço.

Após 1 ano e 8 meses, a empresa rescindiu o contrato e abandonou a obra. A rescisão foi assinada em dezembro de 2015. Apenas em agosto de 2016 a segunda ganhadora da licitação teve contrato homologado e a primeira ordem de serviço foi dada em setembro do mesmo ano. A entrega da estrutura ocorre seis anos após a retomada da obra.

O projeto segue o padrão desenvolvido pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e conta com oito salas de aula, das quais quatro são voltadas para o berçário. A construção ainda contempla um laboratório de informática e uma sala de leitura. Apenas a estrutura do prédio possui 1.118 m².

As salas do berçário possuem banheiro individual e dois banheiros, divididos em feminino e masculino e outros dois para PDE (Portadores de Necessidades Especiais). Além dos blocos administrativos e de serviços gerais.

Jornal Midiamax