Cotidiano

Com morte de bebê de 3 meses, MS registra 27 óbitos por coronavírus em 24h

Bebê não tinha comorbidades, ele permaneceu intubado por três dias e não resistiu

Mylena Rocha Publicado em 18/07/2021, às 11h22

Bebê foi transferido para o HRMS.
Bebê foi transferido para o HRMS. - Chico Ribeiro/Governo de MS

Mato Grosso do Sul já soma 348.293 casos confirmados de Covid-19, com 564 novos registros neste domingo (18). Foram registradas mais 27 mortes, conforme boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). Entre os óbitos, há o registro da morte de um bebê de três meses, sem comorbidades relatadas.

Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 8.680 mortes desde o início da pandemia. Entre as mortes, 10 eram pessoas com menos de 60 anos. A vítima mais jovem foi um bebê em Chapadão do Sul. A Prefeitura divulgou que o menino de três meses não tinha comorbidades. Os sintomas começaram no dia 5 de julho. No dia 9, foi realizado o teste de covid, que deu positivo. No dia 12 de julho, o bebê foi levado ao hospital, sendo transferido para o Hospital Regional de Campo Grande. Ele ficou intubado até quinta-feira (15), quando não resistiu e faleceu. 

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 969.457 casos notificados, dos quais 348.293 foram descartados. Há 2.039 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 5.702 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos trazem Campo Grande à frente, com 125 novos casos, seguida por Três Lagoas (79), Dourados (56), Corumbá (50), Chapadão do Sul (48), Água Clara (26), entre outros. Confira o boletim aqui. 

Internações em MS

De 348.293 casos confirmados em MS, 331.360 pacientes se recuperaram. Em relação às internações, MS tem 632 pacientes internados. Destes, 269 estão em leitos clínicos (180  públicos e 89 privados) e 363 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 284 estão em leitos públicos e 79 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 87% em Campo Grande, 55% em Dourados, 69% em Três Lagoas e 60% em Corumbá.

Jornal Midiamax