Cotidiano

Com mais de mil casos e 46 mortes em 24h, MS soma 5.898 óbitos por coronavírus

Estado tem estabilidade alta, com média de 874 casos novos por dia

Mylena Rocha Publicado em 05/05/2021, às 11h02

None
Henrique Arakaki/Midiamax

Mato Grosso do Sul já soma 252.449 casos confirmados de Covid-19, com 1.080 novos registros nesta quarta-feira (5). Foram registradas mais 46 mortes, conforme boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). O Estado continua em estavilidade alta, mas houve leve redução na taxa de contágio, que chegou a 0,96.

MS tem uma média de 874,7 casos e 36,6 mortes por coronavírus por dia. Mesmo com a leve redução no número de casos em mortes em comparação com as semanas anteriores, os secretários de saúde frisaram que a população deve continuar se cuidando, principalmente na semana do Dia das Mães. “Estamos em estabilidade altíssima, é importante saber para que você reduza a mobilidade”, disse a secretária adjunta Crhistinne Maymone.

Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 5.898 mortes desde o início da pandemia. As mortes foram registradas em Campo Grande (12), Três Lagoas (10), Dourados (7), Pedro Gomes (2), Vicentina (2), Aquidauana (1), Bonito (1), Cassilândia (1), Ivinhema (1), Juti (1), Naviraí (1), Nova Alvorada do Sul (1), Nova Andradina (1), Ponta Porã (1), Rio Brilhante (1), São Gabriel do Oeste (1), Sete Quedas (1) e Terenos (1). 

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 757.484 casos notificados, dos quais 499.730 foram descartados. Há 840 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 4.465 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos trazem Campo Grande à frente, com 284 novos casos, seguida por Dourados (121), Três Lagoas (113), Naviraí (48), Ponta Porã (44), Bataguassu (34), Ivinhema (28), Chapadão do Sul (27), Maracaju (25), entre outros. Confira o boletim aqui.

Internações em MS

De 252.449 casos confirmados em MS, 237.704 pacientes se recuperaram. Em relação às internações, MS tem 979 pacientes internados. Destes, 481 estão em leitos clínicos (325  públicos e 156 privados) e 498 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 360 estão em leitos públicos e 138 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 87% em Campo Grande, 85% em Dourados, 89% em Três Lagoas e 100% em Corumbá. Apesar da leve redução no número de internados, a secretária adjunta ressaltou que não é hora de descuidar. “A queda é muito pequena, não podemos vacilar. Não podemos ter mais contaminados agora, momento que estamos em alta, o sistema colapsaria”, reforça Maymone. 

O Estado ainda tem 42 pacientes na fila,  à espera por leitos clínicos e de UTI. Conforme dados da SES, a Central de Regulação de Campo Grande tem 30 pacientes na fila. Já Dourados tem sete pacientes na fila e a Central de Regulação do Estado tem cinco pacientes esperando leitos.

Jornal Midiamax