Cotidiano

Com frio atípico, lojas registram venda recorde de aquecedores em Campo Grande

Loja de departamento chegou a vender todo o estoque dos aparelhos em um dia

Mariane Chianezi e Ranziel Oliveira Publicado em 30/06/2021, às 15h48

None
Leonardo de França, Midiamax

Com frio atípico em Campo Grande e mínimas chegando a 3°C, os moradores que não estão acostumados a lidar com temperaturas tão baixas correram para garantir um aparelho não tão popular nos lares sul-mato-grossenses: o aquecedor.

A busca pelo aparelho que faz a função reversa ao ar-condicionado, comum nas casas e estabelecimentos campo-grandenses, tem sido tão intensa que em uma loja de departamentos no Centro, o estoque com 40 itens se esgotou em apenas um dia.

Conforme a vendedora Blanche Rodrigues, de 34 anos, o estoque dos aparelhos, com custo de R$ 109,90, acabou todo nesta terça-feira (29). “Todo ano tem procura por aquecedor, mas de acabar tudo em um dia, tudo de uma vez, não. Desde segunda-feira estão atrás, ligando e mandando mensagem para saber se tem disponível”, disse a vendedora.

Em uma loja de eletrônicos na região central não há venda dos aquecedores, porém a busca dos moradores pelo item tem sido intensa nesta semana. De acordo com o vendedor Jeferson Santana, de 42 anos, pelo menos 40 pessoas ligaram na loja pela manhã procurando o eletrodoméstico.

“Eu acho que tem sido um inverno que ninguém esperava. Como veio muito forte, as pessoas estão atrás”, relatou o vendedor. De acordo com a meteorologia, Mato Grosso do Sul teve o dia mais frio do ano nesta quarta-feira (30) e ainda permanece com alerta de onda de frio e geada em todo o estado.

Jornal Midiamax