Cotidiano

Com estoque em situação de emergência, Hemosul recebe doadores até as 17h neste sábado

Instituição precisa principalmente de doações de sangue dos tipos A-, O- e O+

Mylena Rocha Publicado em 04/12/2021, às 07h40

Estoque está tão baixo que pode chegar ao ponto de faltar caso a demanda aumente nos próximos dias.
Estoque está tão baixo que pode chegar ao ponto de faltar caso a demanda aumente nos próximos dias. - Divulgação/Governo de MS

O Hemosul Coordenador está com o estoque no vermelho e aguarda doadores neste sábado (4) em Campo Grande. A instituição abre as portas para atendimento em período integral, com o objetivo de receber aqueles que não podem comparecer durante a semana.

A situação é de emergência e o Hemosul precisa de doações principalmente de sangue do tipo A-, O- e O+. De acordo com a instituição, o estoque está tão baixo que pode chegar ao ponto de faltar caso a demanda aumente nos próximos dias.

“Final de semana o número de acidentes e pessoas que necessitam de sangue aumenta e nós já entramos na sexta-feira com os estoques em situação de emergência. O Hemosul está abrindo aos primeiros e terceiros sábados de cada mês. Neste sábado vamos abrir das 7h às 17h, e pedimos que a população compareça e continue nos ajudando a salvar vidas” convoca a Coordenadora Geral da Rede Hemosul, Marli Vavas.

Aos sábados não há necessidade de programar a coleta, basta comparecer a unidade tendo em mãos documento oficial com foto, estar bem alimentado e bem de saúde, ter mais de 55 quilos, ter idade entre 16 e 69 anos. Doadores menores de idade precisam estar acompanhados do responsável legal.

Para quem acabou de tomar a vacina contra covid, é preciso aguardar. No caso da vacina Coronavac, é preciso aguardar 48 horas antes de doar sangue. Já para quem tomou Astrazeneca, Pfizer e Janssen, o tempo de espera é de 7 dias.

Jornal Midiamax