Cotidiano

Com denúncia de surto, 11 servidores da Sejusp estão afastados por Covid-19

O aumento de caso de Covid-19 entre servidores da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), tem preocupado funcionários na rotina de trabalho. Uma denúncia enviada, nesta segunda-feira (15), relata que funcionários estão em estado grave, sendo 11 afastados com a doença. Um servidor, que preferiu não se identificar, diz que os funcionários, entre […]

Karina Campos Publicado em 15/03/2021, às 12h26

Fachada da Sejusp, no Parque dos Poderes | (Foto: Arquivo, Midiamax)
Fachada da Sejusp, no Parque dos Poderes | (Foto: Arquivo, Midiamax) - Fachada da Sejusp, no Parque dos Poderes | (Foto: Arquivo, Midiamax)

O aumento de caso de Covid-19 entre servidores da Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública), tem preocupado funcionários na rotina de trabalho. Uma denúncia enviada, nesta segunda-feira (15), relata que funcionários estão em estado grave, sendo 11 afastados com a doença.

Um servidor, que preferiu não se identificar, diz que os funcionários, entre militares do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Civil da sede da secretaria estão trabalhando diariamente por 8 horas, sem escalas ou distanciamento nas salas.

“Todos os funcionários estão com medo desse surto, principalmente, de passar para seus familiares. Um colega está internado no Hospital Regional, com 60% do pulmão comprometido, no oxigênio e em situação grave. Até a senhora da cantina está com Covid-19”, disse.

Outro funcionário diz que tem buscado respostas com superiores. “Até o momento, não tomaram medidas e estão cientes da situação”, reclama.

Em nota, a Sejusp informou que a secretaria tem 200 servidores na sede, sendo 11 afastados em decorrência da doença. Sobre a cobrança de teletrabalho, os serviços são considerados essencial, a implantação poderia prejudicar o atendimento nos telefones de urgência e emergência do 190 e 193.

“Até o policiamento preventivo e repressivo e o atendimento de locais de crime, por exemplo, afetando diretamente a população. Porém, sensível ao momento atual, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira participou de reunião na manhã desta segunda-feira (15), com equipes do Governo do Estado e estuda a possibilidade de revezamento de turno, entre as equipes da sede”, informa o comunicado.

Jornal Midiamax