Cotidiano

Com chamas incontroláveis, incêndio na fronteira de MS com Paraguai chega ao 4º dia

Equipes de bombeiros de Ponta Porã estão no local ajudando a combater as chamas

Nathália Rabelo Publicado em 22/08/2021, às 13h22

Incêndio no Parque Cerro Corá
Incêndio no Parque Cerro Corá - Foto: Reprodução | ABC Color.

Várias equipes do Corpo de Bombeiros estão tentando controlar o incêndio florestal que atingiu o Parque Cerro Corá, localizado no Departamento de Amambay, região da divisa entre Brasil e Paraguai. Neste domingo (22), o combate às chamas completa quatro dias. Além da equipe paraguaia, bombeiros de Ponta Porã também estão atuando para apagar o incêndio.

De acordo com informações preliminares, o fogo teria sido ocasionado por uma bituca de cigarro. Segundo o site Ultima Hora, o diretor de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, Rafael Sosa, explicou que o incêndio não atingiu o prédio da administração do parque até o momento, nem as áreas consideradas históricas após a Guerra da Tríplice Aliança.

Da mesma forma, ele destacou que o parque tem 5.683 hectares e que, após o incêndio, será feito um estudo sobre a afetação de animais, fauna e biodiversidade, mencionando que a recuperação do local pode levar até 30 anos. Sosa disse ainda que também há um grande incêndio no parque de San Luis, que já consumiu 80% dos 12 mil hectares.

Ele também mencionou que o Parque Nacional Paso Bravo está sendo afetado pelos incêndios. Ao que tudo indica, os incêndios na Bolívia acabarão entrando em território paraguaio. Por causa da pouca visibilidade, a Polícia Rodoviária solicitou cautela aos motoristas que trafegam pela Rota 5 na área do Parque Cerro Corá. Veja o vídeo:

Jornal Midiamax