Cotidiano

Com aumento de reclamações, bancos são proibidos de oferecer empréstimo para aposentados por telefone em MS

Foram registrados 167 casos envolvendo 24 empresas em 2021, aponta Procon/MS

Gabriel Neves Publicado em 16/11/2021, às 13h51

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - (Foto: Divulgação/Procon-MS)

As instituições bancárias de Mato Grosso do Sul não podem mais realizar contratos de empréstimos a idosos e aposentados por meio de ligações telefônicas. Apenas neste ano, 24 empresas foram alvos de reclamações por conta de contratos realizados desta forma.

A proibição passou a valer em 11 de novembro por meio de Lei publicada no Diário Oficial do Estado e abrange qualquer instituição, correspondentes bancários ou sociedades de arrendamento mercantil em atividade em Mato Grosso do Sul.

Essas empresas ficam proibidas de convencer as pessoas, por meio de telemarketing, oferta comercial, proposta ou propaganda, a assinar contratos de empréstimo de qualquer natureza, exceto em casos em que um documento que comprove a idoneidade do interessado seja apresentado.

De acordo com o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, o número de ocorrências de problemas relacionadas aos empréstimos são registradas em número cada vez maior. Foram 167 casos, envolvendo 24 empresas apenas neste ano.

Segundo o Procon/MS, os consumidores alegam prejuízos uma vez que, refinanciando, os contratos por maior que seja o número de parcelas já pagas, voltam à “estaca zero” e, com isso, nunca conseguem quitar suas dívidas.

Jornal Midiamax