Segundo informações da administração municipal, adolescentes com 12 a 17 anos (acompanhados de maior responsável), pessoas com 18 anos ou mais e gestantes, puérperas  e lactantes estarão estão aptas a receberem a primeira dose (D1).

Ainda de acordo com a Sems, podem receber a segunda dose (D2) as pessoas que tomaram a D1 da e Coronavac até o dia 13 de novembro e a D1 da até 13 de outubro, desde que apresente comprovante de vacinação.

A aplicação da terceira dose (D3), que também acontece na Praça Antônio, será feita em trabalhadores de saúde com 18 anos ou mais que receberam a D2 até o dia 8 de agosto. As pessoas com 18 anos ou mais que receberam a D2 até a mesma data também serão atendidas.

As pessoas que convivem com comorbidades imunológicas que tomaram a D2 até o dia 8 de novembro também podem receber a dose de reforço. O setor de imunização lembra que para ter acesso à dose de reforço é necessária a apresentação de um documento com foto, CPF, comprovante da dose 2 e holerite, para os trabalhadores da saúde.