Cotidiano

Com apoio da prefeitura, Lar Ebenezer anuncia construção de nova unidade em Dourados

O Lar Ebenezer, instituição filantrópica sem fins lucrativos, que acolhe crianças em situação de risco e vulnerabilidade social e a prefeitura de Dourados, formalizaram desta segunda-feira (25) a escolha do terreno para construção de uma nova unidade no muncípio. Junto com o presidente do Lar Ebenezer, Adalto Veronesi e a coordenadora Giselle Ferreira, o prefeito […]

Marcos Morandi Publicado em 26/01/2021, às 08h50

Diretor e coordenadora do Lar Ebenezer, durante reunião com o prefeito Alan Guedes. (Foto: Divulgação).
Diretor e coordenadora do Lar Ebenezer, durante reunião com o prefeito Alan Guedes. (Foto: Divulgação). - Diretor e coordenadora do Lar Ebenezer, durante reunião com o prefeito Alan Guedes. (Foto: Divulgação).

O Lar Ebenezer, instituição filantrópica sem fins lucrativos, que acolhe crianças em situação de risco e vulnerabilidade social e a prefeitura de Dourados, formalizaram desta segunda-feira (25) a escolha do terreno para construção de uma nova unidade no muncípio.

Junto com o presidente do Lar Ebenezer, Adalto Veronesi e a coordenadora Giselle Ferreira, o prefeito Alan Guedes definiu o novo espaço para instalação da Casa 2, voltada para meninos. A doação fazia parte de um acordo com o Ministério Público Estadual, a instituição e o executivo municipal.

Perto de completar 33 anos de atuação, a unidade, que já acolhia meninas, passou a atender em 2019, meninos de zero a 18 anos, com direitos violados ou ameaçados, em conformidade com o acordo de reordenamento do Serviço de Acolhimento em Dourados.

“Até 2022 nós temos o aluguel que a prefeitura custeia e paralelo a isso faltava a indicação do terreno para construção da casa dois, dos meninos, e agora conseguimos finalizar”, explicou a coordenadora do Lar.

A nova área, de 3.700m2, fica no conjunto habitacional Terra Roxa e atenderá tanto a norma técnica do serviço de acolhimento, quanto a logística. “A localização é muito boa e poderemos ter um espaço adequado. Agora vamos atrás de emenda para a construção ”, comemorou a coordenadora.

Hoje o Lar Ebenezer tem capacidade para acolher até 40 meninos e meninas. “Nosso agradecimento ao município por acreditar no nosso trabalho”, declarou o presidente.

Jornal Midiamax