Cotidiano

Com alta procura, pontos de vacinação contra covid têm longas filas nesta sexta em Campo Grande

Sesau garante que há doses para todos do cronograma de vacinação

Fábio Oruê Publicado em 09/04/2021, às 16h03

Idosos acomodados na fila do Guanandizão (à esq.) e na fila da Seleta (à dir.)
Idosos acomodados na fila do Guanandizão (à esq.) e na fila da Seleta (à dir.) - Foto: Leitor, Jornal Midiamax

Um movimento atípico nos pontos de vacinação em Campo Grande gerou grandes filas, nesta sexta-feira (9). O motivo é que além da primeira dose nos idosos com 61 anos completos (nascidos entre janeiro e julho), a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) também está oferecendo a segunda dose para os vacinados entre 19 e 22 de março. 

Nos principais pontos de vacinação da Capital, na Seleta, no Ginásio Guanandizão, e no drive-thru do Parque Ayrton Senna, longas filas foram registradas nesta tarde. Um dos leitores que contatou o Jornal Midiamax estava com a sogra na Seleta e disse que os atendentes informaram que pode não ter doses para todos, mas pedem para aguardar. 

Segundo outro leitor, duas filas foram criadas, uma para primeira e outra para segunda dose sa Coronavac. "Ainda sem saber se a vacina vai dar. Como assim? As pessoas estão no sol", reclamou. 

Procurada, a Sesau informou que o movimento de fato está grande nesta sexta-feira, mas que há doses disponíveis para atendimento de todo o público previso para hoje. 

No Guanandizão, cerca de 200 idosos esperam para se imunizar, conforme leitora que está com o pai. Ela disse que "estão aglomerados idosos que estão tomando a 2ª dose da vacina junto aos que estão tomando a 1ª dose, na faixa dos 60 anos". Ainda conforme a Sesau, os locais estão organizando com distribuição de senhas. 

Fila de carros no Ayrton Senna. (Foto: Leitor, Midiamax)

A situação se repete no Drive-Thru do Ayrton Senna. Lá, a fila é bem maior por todos estarem de carros. "Olha a fila de carros aqui no Ayrton Senna. Os postos receberam poucas doses, estão dispensando os idosos. Guanandizão lotado também", disse ele. A fila já chega na Avenida Arapoti com a Gunter Hans. 

De acordo com a Sesau, caso venha faltar doses em algum ponto e se houver tempo hábil elas serão repostas. "Em alguns pontos há mais outros menos doses. A distribuição é feita de acordo com a demanda estimada", informou. 

Fila também foi registrada na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Bairro Universitário no início da tarde de hoje. 

Jornal Midiamax