Cotidiano

Com 99 pacientes acima do limite e sem leitos, Santa Casa entra novamente em colapso

Número de atendimentos triplicou em abril

Karina Campos Publicado em 14/04/2021, às 10h55 - Atualizado às 10h57

Situação de uma das salas do hospital
Situação de uma das salas do hospital - (Foto: Divulgação/Santa Casa)

A Santa Casa de Campo Grande emitiu um novo alerta para a situação crítica noatendimento, nesta quarta-feira (14). O hospital está funcionando com 99 pacientes acima do limite técnico máximo, com pessoas ‘abarrotadas’ nas salas de emergência e macas em corredores.

Em nota, a unidade informou que estão a lotaçãõ na rede hospitalar, já que é o único que continua recebendo pacientes não-covid em estado grave na urgência e emergência,

Somente na área vermelha do Pronto-socorro, há 20 pacientes em atendimento, sendo a capacidade para 6 pacientes graves. Na área verde do Pronto-socorro há 62 pacientes, sendo 32 deles em observação. A capacidade também é de 6 leitos.

[Colocar ALT]
Corredor da Santa Casa. (Foto: Divulgação/Santa Casa)

Outro agrave é no aumento de atendimentos, comparado ao mesmo período do ano passado, o recebimento de pacientes triplicou no vaga zero. “Entre os dias 6 e 13/4/2021 recebemos 489 pacientes em vaga zero. Em 2020, nos mesmos dias (6 a 13/2020) foram 135 pacientes”, informou o comunicado.

"Reforçamos que essa situação tem sido comunicada por ofício, diariamente, para as autoridades da saúde pública, inclusive ao Ministério Público Estadual".

No fim de março, o hospital voltou a relatar a situação preocupante, onde 13 pacientes aguardavam vaga na CTI (Centro de Terapia Intensiva), em salas improvisadas. Após quedas de atendimento durante a semana de restrições, no ‘fecha tudo’, o hospital havia recebido em uma noite, 3 baleados, outras 7 estavam intubados, na área vermelha do pronto-socorro, sendo que a capacidade é de 6 respiradores na sala de estabilização.

Jornal Midiamax