Cotidiano

Com 722 casos de coronavírus por dia, MS chega à maior média das últimas três semanas

Apesar da queda no número de novos casos e de mortes por coronavírus em Mato Grosso do Sul, a redução pode ser apenas passageira. Na última semana epidemiológica, o Estado registrou 4.987 casos confirmados, um número praticamente igual ao da semana anterior. Nesta segunda-feira (22), MS tem uma média móvel de 722 casos de covid-19 […]

Mylena Rocha Publicado em 22/02/2021, às 11h42

 Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax
Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax - Foto: Henrique Arakaki | Jornal Midiamax

Apesar da queda no número de novos casos e de mortes por coronavírus em Mato Grosso do Sul, a redução pode ser apenas passageira. Na última semana epidemiológica, o Estado registrou 4.987 casos confirmados, um número praticamente igual ao da semana anterior. Nesta segunda-feira (22), MS tem uma média móvel de 722 casos de covid-19 por dia, a maior média registrada nos últimos 21 dias. 

Com 722 casos de coronavírus por dia, MS chega à maior média das últimas três semanas
Fonte: SES

A secretária adjunta da SES (Secretaria de Estado de Saúde) Crhistinne Maymone explica que o número de casos na semana 7, que encerrou no sábado (20), foi quase o mesmo da semana 6, que teve 4.985 casos novos. Maymone comenta que houve um aumento na taxa de contágio, um dado ruim que demonstra que os sul-mato-grossenses têm saído mais, se expondo ao risco de infecção do coronavírus. 

Além disso, na última semana MS registrou 83 óbitos. O número representa uma redução, já que na semana anterior o Estado havia registrado 116 mortes. Porém, ainda não é o momento de comemorar, segundo a secretária. 

“Não podemos ficar seguros com a diminuição desse número de óbitos, pode ser um evento temporário. Temos que fazer análise de toda a tendência, por isso a gente trabalha com tendência de 7 dias, 14 dias e 21 dias de média móvel”, frisou.

Crhistinne Maymome aponta que MS tem passado por um aumento gradual de casos da doença, com o aumento da taxa de contágio e da média móvel de casos novos. “Há uma relação muito próxima entre taxa de contágio e aumento do número de casos. Se cuide, evite se colocar em risco em locais com aglomerações, locais em que você não possa estar com segurança a um metro e meio de outra pessoa”.

Jornal Midiamax