Cotidiano

Com 656 casos novos e 23 óbitos, MS registra 8,8 mil mortes por coronavírus

Estado apresenta aumento na média móvel de óbitos

Mylena Rocha Publicado em 23/07/2021, às 11h09

Estado tem média de 24,7 mortes por coronavírus por dia.
Estado tem média de 24,7 mortes por coronavírus por dia. - Leonardo de França/Midiamax

Mato Grosso do Sul já soma 351.267 casos confirmados de Covid-19, com 656 novos registros nesta sexta-feira (23). Foram registradas mais 23 mortes, conforme boletim epidemiológico do novo coronavírus, apresentado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde). 

Apesar da melhora em comparação com o mês de junho, Mato Grosso do Sul tem apresentado aumento da taxa de contágio e média móvel de óbitos. Por isso, a secretária adjunta Crhistinne Maymone alertou que não é hora de vacilar. 

“A vacina auxilia, mas mesmo assim você pode ficar doente, a vacina vai auxiliar exatamente a reduzir a gravidade da doença. É muito importante que você, mesmo imunizado, continue seguindo as medidas preventivas”, reforçou. 

Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 8.802 mortes desde o início da pandemia. As novas mortes foram registradas nas seguintes cidades: Campo Grande (9), Corumbá (2), Ponta Porã (2), Anastácio (1), Chapadão do Sul (1), Coronel Sapucaia (1), Fátima do Sul (1), Jardim (1), Maracaju (1), Miranda (1), Naviraí (1), Paranaíba (1) e São Gabriel do Oeste (1).

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 979.250 casos notificados, dos quais 619.850 foram descartados. Há 1.750 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 6.383 casos sem encerramento pelos municípios.

Os novos casos trazem Campo Grande à frente, com 235 novos casos, seguida por Chapadão do Sul (55), Dourados (53), Três Lagoas (51), Ponta Porã (41), Corumbá (27), Paranaíba (17), Naviraí (13), entre outros. Confira o boletim aqui. 

Ocupação de leitos em MS

De 351.267 casos confirmados em MS, 333.901 pacientes se recuperaram. Em relação às internações, MS tem 638 pacientes internados. Destes, 293 estão em leitos clínicos (210  públicos e 83 privados) e 345 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), dos quais 265 estão em leitos públicos e 80 em privados.

A taxa de ocupação de leitos de UTI públicos global nas 4 macrorregiões de MS é de: 84% em Campo Grande, 53% em Dourados, 49% em Três Lagoas e 52% em Corumbá.

Jornal Midiamax